Relembre 5 jogadores que deixaram a torcida do São Paulo feliz em 2016

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O ano de 2016 para o São Paulo não foi digno de comemoração. Sem nenhum título conquistado, mais uma vez, a equipe sofreu com eliminações precoces no Campeonato Paulista, nas quartas de final, para o Audax, e nas oitavas da Copa do Brasil, para o Juventude.

Apesar da fraca temporada, o time alcançou as semi-finais da Libertadores, sendo eliminada para o Atlético Nacional de Medelín. Mas ainda assim teve quem trouxe alegrias para a torcida do tricolor em 2016, e o Torcedores.com selecionou cinco jogadores e seus bons momentos nesse ano:

LEIA MAIS:
MESMO FORA DA LIBERTADORES, SÃO PAULO É O MELHOR BRASILEIRO EM LISTA DA CONMEBOL

MERCADO DA BOLA: SÃO PAULO PODE EMPRESTAR LATERAL PARA A CHAPECOENSE

Calleri: O argentino jogou apenas o primeiro semestre no São Paulo, mas deixou sua marca registrada por onde passou. Foram nove gols na Libertadores, sendo quatro apenas no confronto contra o Trujillanos, no Morumbi, marca que lhe deu a artilharia do torneio. Outros quatro foram no Paulistão e três no Campeonato Brasileiro. Com esses números, Jonathan Calleri também assegurou o posto de artilheiro do time no ano, com 16 gols marcados. Atualmente o jogador está no West Ham, da Inglaterra, e há a possibilidade de seu retorno ao tricolor em breve.

Centurión: O jogador chegou ao time ainda em 2015. Com 80 partidas disputadas marcou apenas oito gols, e foi negociado no mês de agosto com o Boca Juniors. Os números de Centurión no São Paulo não fazem com que a torcida sinta saudades suas. Mas na partida de ida das oitavas da Libertadores, o gringo marcou duas vezes no show do São Paulo contra o Toluca-MEX, sendo o primeiro uma pintura no ângulo, encaminhando a classificação do time para a fase seguinte da competição. Veja melhores momentos do jogo:

Maicon: O xefire da zaga tricolor presenciou uma situação inusitada ainda na fase de grupos do Copa Libertadores 2016. No último jogo da fase, o São Paulo segurava o empate por 1×1 contra o The Strongest, na Bolívia, placar que dava classificação à equipe paulista.

Maicon realiza defesa nos minutos finais da partida
Maicon realiza defesa nos minutos finais da partida
Quando aos 48 minutos do segundo tempo, Denis foi expulso de jogo, e como Bauza já havia realizado as três substituições, Maicon foi obrigado a ir para a meta até o fim da partida, participando de duas situções perigosas de gol. O zagueiro ainda foi o herói do São Paulo ao marcar o gol contra o Atlético-MG, no Independência. O placar final foi 2×1 para os mineiros, mas como o time do Morumbi venceu a primeira partida por 1×0, teve sua vaga para a semifinal assegurada.

Rodrigo Caio: O camisa 3 do São Paulo adquiriu seu maior destaque na temporada ao ganhar o inédito ouro Olímpico com o futebol masculino, nos Jogos Rio 2016. Único jogador do time nas Olimpíadas, Rodrigo orgulhou a torcida tricolor com suas atuações na competição, que lhe renderam também convocações futuras no time principal, comandado pelo técnico Tite.

Cueva: E se poucos momentos no ano trouxeram alegrias para a torcida tricolor, um deles, com toda certeza, foi na goleada por 4×0 que o São Paulo aplicou em cima do seu maior rival, Corinthians. O jogo, que aconteceu dia 05/11 no Morumbi, válido pela 34ª rodada do Brasileirão, foi uma das melhores partidas do jogador peruano, que marcou um gol e deu três assistências para os gols de Chávez, David Neres e Luiz Araújo. Contratado em junho deste ano, Cueva participou de 24 jogos pela equipe, e balançou as redes em sete oportunidades.

Veja os lances:

LEIA TAMBÉM:
DESTAQUE DO PALMEIRAS EM 2016 FOI QUEM MAIS FEZ PASSES ERRADOS NO BRASILEIRÃO

CRUZEIRO É LÍDER EM EXPULSÕES NO BRASILEIRÃO 2016; PALMEIRAS NÃO LEVOU VERMELHOS

DESTAQUE DO BRASILEIRÃO 2016 É O JOGADOR COM MAIS IMPEDIMENTOS NA COMPETIÇÃO



Paulistano, 20 anos. Estudante de Comunicação Social-Jornalismo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.