Vasco: Eurico Miranda e suas promessas trágicas

Reprodução/Casaca.com.br

O Vasco vem de 5 anos extremamente difíceis, seu último brilho como o gigante nacional e mundial que é, foi a conquista da Copa do Brasil de 2011 complementada com o vice campeonato no Brasileirão que bem merecia ter terminado como campeão. Desde então o clube se encontra em uma maré que se uma pessoa que não conhece a história do clube ver os resultados dos últimos 5 anos vai crer se tratar de um time pequeno a médio. Agora imagine que a situação pode ficar ainda pior quando se tem um presidente como o Doutor Eurico Miranda.

Leia mais: Entenda o processo para saída de Nenê do Vasco

A instituição Vasco da Gama a alguns anos vem lidando com uma administração um tanto quanto peculiar, Roberto Dinamite seu último presidente antes do retorno de Eurico, conseguiu o feito de conquistar o título da Copa do Brasil de 2011 apesar do mesmo ter apenas o Ensino Médio completo segundo consta nos dados fornecidos pelo governo federal e estadual quando o mesmo foi candidato a Deputado Estadual do RJ em 2014, aparentando assim ter pouca formação para dirigir uma instituição do porte do Vasco da Gama. E essa falta de instrução ficou notável pelo modo que o clube foi gerido durante a gestão dele, e apesar de um grande ano em 2011 todos os outros anos dele como presidente foram uma aberração para a história do clube, e só não foram piores graças a presença de Rodrigo Caetano hoje Diretor Executivo de Futebol do Flamengo, e porque não de Cristiano Koehler que foi Diretor Geral do clube na gestão Dinamite e hoje é Consultor Financeiro do Departamento de Finanças do Flamengo.

Mas quem dera ao Vasco que formação fosse o suficiente para um presidente exercer um bom trabalho, Eurico Miranda é formado em Fisioterapia pela Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação e também é formado em Direito, com atuação longa como advogado antes de presidir o Vasco e estar em cargos políticos no governo brasileiro. A formação de Eurico não deu a ele discernimento para boa atuação em prol do clube, e a crise financeira instalada na instituição muito se deve a ele também, com diversas situações no mínimo estranhas para comprovar isso, ou você caro leitor não se lembra que antes de deixar a presidência do Vasco em 2009 o Doutor Eurico assinou uma confissão de dívida com José Luis Moreira de R$ 4.649.031,61 e durante o processo movido pelo agora ex-vice presidente para receber esse valor da confissão foi levantado a declaração de imposto de renda dele que apresentava um patrimônio declarado de pouco mais de R$ 1,6 milhão, ou seja, era impossível José Luis Moreira fazer um empréstimo ao Vasco que equivalia a quase 4 vezes mais do que o patrimônio dele declarado a Receita Federal.

Existem diversas histórias curiosas sobre a atuação de Eurico Miranda dentro do Vasco e também fora dele, porém o que mais tem incomodado os torcedores do Vasco desde de que o Doutor Eurico assumiu a presidência do clube são suas promessas que causam pesadelo aos vascaínos e tornam o clube e seus torcedores uma fonte de piada para os rivais.

Como não lembrar que quando Eurico assumiu disse que o clube nunca mais cairia. Em entrevista concedida à Rádio Globo após vencer as eleições, Eurico garantiu que, enquanto estivesse vivo, o Vasco nunca mais voltaria a disputar a Série B.

Juro, até morrer, que o Vasco nunca mais vai cair! Sei que não sou eterno, mas vou trabalhar para colocar o clube preparado para isso nunca mais acontecer.

Na mesma entrevista, Eurico prometeu aos torcedores um time de futebol forte e competitivo.

Eu queria começar com um time de futebol forte, com certeza iremos ter um time competitivo muito em breve, que dê para rivalizar. Não vamos ter um time só para participar, mas para ser campeão, só não espere que ocorra de hoje para amanhã, mas que vai acontecer, sem dúvida vai. É a primeira demonstração do que nós podemos fazer, e vamos fazer. O torcedor do Vasco tem que ter calma, paciência e a consciência de que o Vasco vai voltar a ser Vasco

 

E na metade do campeonato brasileiro daquele ano o clube brigava bem na parte debaixo da tabela tendo feito seu pior primeiro turno na história do campeonato por pontos corridos, e naquele momento a promessa do Eurico era que o clube não iria cair para a Série B de maneira alguma, e que se o Vasco caísse ele se mudaria para a Sibéria.

Já falei que a palavra rebaixamento é proibida aqui. Se eu achar que o Vasco vai ser rebaixado, vou procurar o ponto mais distante da Sibéria e vou para lá. Se as coisas não forem feitas, pode ter essa consequência. Ficar falando de coisas que podem acontecer, não adianta

E o resto da história todos sabem, o Vasco caiu e Eurico continuou vivendo no calor do Rio de Janeiro localizado no Brasil e não passou pela Sibéria nem a passeio.

Em 2016 Eurico se limitou a promessas mais vagas, ainda assim não cumpridas, como em abril de 2016 ao prometer uma redução no elenco, e chega ao fim de 2016 com um elenco grande, com diversos jogadores de baixíssima qualidade que foram contratados com regime contratual longo e que nem sequer fizeram uma partida pelo clube, alguns foram emprestados menos de 1 mês após serem contratados. E outra promessa não cumprida, ao menos não de maneira digna, foi uma reformulação no Departamento de Futebol anunciada em novembro, reformulação essa que só resultou na mudança de posto de seu filho Euriquinho de Assessor da Presidência para Vice Presidente de Futebol, e a contratação de Anderson Barros como Gerente de Futebol.

E agora o folclórico presidente fez mais promessas que tem feito o Vasco e seus torcedores serem motivos de piada. Primeiro em entrevista disse que o Vasco terá um orçamento de R$ 200 milhões e prometeu que o clube brigará nas cabeças. Novamente aquela velha promessa de brigar nas cabeças, a mesma feita no ano do 3º rebaixamento da história do clube.

Vou deixar um quadro muito melhor do que recebi. O orçamento vai ser aprovado agora e vocês vão ficar surpresos. Em orçamento total, acima de R$ 260 milhões. Só para o futebol são R$ 200 milhões. O Vasco vai brigar nas cabeças, com certeza.

 

E para fechar 2016 com seu pacote de promessas que são mais furadas que peneira de areia, Eurico soltou a seguinte pérola:

Eu estou voltando para uma fase anterior da minha vida. Antes do Natal eu dava presentes. Então, a torcida vai receber um presente no futebol. Um presente antes do Natal

E como de praxe a promessa não se cumpriu, primeiramente porque o tal “presente” foi anunciado na madrugada de natal, logo não foi antes como prometido. E o mais importante, para um elenco quase totalmente desprovido de qualidade para representar um clube do tamanho do Vasco, apesar do Escudero não ser de todo o ruim, está longe de ser considerado um presente de natal para a torcida vascaína.

E assim vai se encerrando mais um ano para o torcedor vascaíno, acesso suado para a série A, e com o pensamento de que “com um presidente desse quem é que precisa de inimigo”.



Especialista em Marketing Digital pela Universidad Austral da Argentina; Especialista em Social Media Marketing pelo ITESM do México; Especialista em Marketing Internacional e Crescimento da Indústria Cruzada pela Yonsei University da Coreia do Sul. Estudante de Administração. Com diversos cursos voltados a administração esportiva, área que o grande público tem pouco conhecimento. Fã de esportes, games e animes. Diretor de Marketing e Comunicação na Agência 2B Sports.