Mercado da bola: Vasco pode perder volante de graça em 2017

Eurico Miranda
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Com o objetivo cumprido de voltar à Série A, apesar da dificuldade dentro de campo, o Vasco agora só pensa em 2017 e no planejamento para não fazer feio nas disputas do Campeonato carioca, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Porém, o clube deve perder um de seus atletas que mais jogaram em 2016, apesar de críticas da torcida: o volante Diguinho tem contrato somente até maio do ano que vem e já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube desde o início deste mês.

Aos 33 anos, Diguinho foi contratado na metade do ano passado e vestiu a camisa do Vasco em 32 partidas em 2016. Sendo titular principalmente depois da lesão de Marcelo Mattos.

LEIA MAIS:

MORTO EM TRAGÉDIA DA CHAPE, ATACANTE ESTAVA NA MIRA DO GIGANTE DA COLINA
BRASILEIRÃO: GLOBO DEFINE JOGOS QUE SERÃO TRANSMITIDOS NA ÚLTIMA RODADA
DEMITIDO, JORGINHO EXPLICA POR QUE INSISTIU EM ESCALAR DIGUINHO

Com contrato até o dia 31 de maio de 2017 com o Gigante da Colina, o volante já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube.

Mesmo assim, a direção do Vasco não deve renovar com o atleta, que foi muito contestado pela torcida no fim desta temporada devido a alguns erros que custaram pontos do clube na briga pelo acesso na Série B e também na eliminação na Copa do Brasil contra o Santos.