Torcedores – Notícias Esportivas

Campeão e artilheiro por onde passou, Alecsandro busca, enfim, se firmar no Palmeiras

Desde o início de sua carreira no futebol profissional, que aconteceu em 2001, no Vitória, Alecsandro, acumulou muitos títulos e gols por onde passou. O primeiro momento bom momento da carreira foi em 2005, quando terminou como vice artilheiro da Série B. Com passagens por 11 clubes do país, e dois do exterior, o atacante de 35 anos acumula títulos importantes como duas Libertadores (2010 no Internacional e 2013 no Atlético-MG). Já o momento mais artilheiro de ‘Alecgol’ também foi com a camisa do Inter, quando marcou 30 gols em 69 partidas, em 2009.

Bruno Nunes Loreto
Formado em Jornalismo na Universidade de Santa Cruz do Sul, UNISC. Amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Grêmio e Fluminense.

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/ Cesar Greco/ Ag. Palmeiras

Contratado pelo Palmeiras em 2015, o atacante não pode participar da conquista da Copa do Brasil, porque já havia disputado a competição pelo Flamengo, e terminou o ano com 18 partidas e dois tentos anotados.

LEIA MAIS:

COM RECONHECIMENTO INTERNACIONAL, BARRIOS BUSCA CONQUISTAR ESPAÇO NO PALMEIRAS

TCHÊ TCHÊ: O MEIA QUE CONQUISTOU CUCA E SE FIRMOU NO PALMEIRAS

Em 2016, Alecsandro disputou, ao todo, 34 jogos com a camisa do Palmeiras, mas perdeu espaço após o início da temporada, o que esteve diretamente ligado ao fato de ter caído, por engano no doping, tendo que recomeçar do zero já com a temporada em andamento.

Nos primeiros jogos do ano, até a eliminação no Campeonato Paulista, passando pela queda precoce na Libertadores, o experiente atacante participou de 20 jogos, sendo 5 pela competição internacional (com um gol e duas assistências) e 15 pelo Estadual (marcando oito gols e distribuindo oito assistências).

No Campeonato Brasileiro, ‘Alecgol’ entrou em campo em 13 jogos, sendo que foi titular em quatro oportunidades. Com isso, o atacante balançou as redes três vezes e deu uma assistência na conquista do eneacampeonato brasileiro do Verdão.

O ano de 2017 começou com um novo técnico e uma nova filosofia de jogo no Palmeiras. Com Eduardo Baptista e seu esquema preferido, o 4-1-4-1, Alecsandro tem definida por qual posição do campo vai lutar por uma vaga entre os 11: a última linha de ataque. Os concorrentes, no início da temporada, são o paraguaio Lucas Barrios e o récem-contratado Willian, ex- Cruzeiro.

Sem Gabriel Jesus, que atuava como um ‘falso 9’, se movimentando bastante e, agora, com um padrão tático que conta com posições mais ‘definidas’, Alecsandro, que foi titular e marcou um gol no último jogo do alviverde em 2016, contra o Vitória, tem chances de se firmar no time se voltar a balançar as redes regularmente, como fez em grande parte das equipes por onde atuou.

Ficha técnica:

Nome: Alecsandro Barbosa Felisbino

Idade: 35 anos (04 de fevereiro de 1981)

Altura: 1,83m

Peso: 81kg

Onde jogou: Vitória (2001-03), Sport (2003), Ponte Preta (2004), Cruzeiro (2005-06), Sporting-POR (2006-07), Al-Wahda-EAU (2008), Internacional (2009-11), Vasco da Gama (2011-12), Atlético-MG (2013), Flamengo (2014-15) e Palmeiras (desde 2015)