Saiba tudo sobre a Copa Africana de Seleções

A partir de hoje (14/01/2017), o continente africano vai respirar futebol, mais propriamente o Gabão, vai receber as delegações de 16 seleções, que distribuídas em 4 grupos vão lutar pelo título de melhor Equipe da África. A Costa do Marfim é a atual campeã e vai defender o título. O vencedor da Copa Africana de Nações representa o continente na Copa das Confederações da FIFA.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Reprodução

A Copa africana de seleções ocorre de dois em dois anos. A princípio, esta edição seria realizada na Líbia, mas, devido a Guerra Civil que devasta o país, a Confederação Africana de Futebol resolveu mudar de sede e escolheu o Gabão. A CAS reúne as melhores seleções africanas, e claro, os atletas de destaque de cada um dos países envolvidos. O Egito é o país que mais venceu a Copa Africana tem 7 títulos, o último ocorreu em 2010. Gana e Camarões tem 4 títulos cada uma e a atual campeã Costa do Marfim tem  dois títulos.

Segundo a CAF, a copa africana de seleções é a terceira competição em audiência televisiva, ficando atrás da Copa do Mundo e do Campeonato Europeu de Seleções. A primeira edição ocorreu em 1957, com a participação do Egito, Sudão, Etiópia e África do Sul. No entanto, os Sul-africanos foram desqualificados devido a política de segregação racial, o Apartheid. Na época a África do Sul se negou a levar uma seleção multirracial e foi excluída da competição. O primeiro campeão foi o Egito que derrotou o Sudão na semi-final e disputou o titulo com a Etiópia, que herdou a vaga após a desclassificação da Africa do Sul. O Egito venceu a Etiópia na final por 4 a 0, o jogo aconteceu em Cartum no Sudão, no sábado 16 de fevereiro de 1957.

A Copa africana de seleções passou por muitas transformações. A partir de 1962, o torneio passou a ser disputado em duas fases: a primeira fase de qualificação e a fase final. A fase de qualificação usava o sistema de eliminação direta, com partidas de ida e volta. Em 1992,  a fase de qualificação passou por reformulação e se tornou uma fase mista. O número de participantes também foi alterado, até 1986 eram 8 seleções, desde então passaram a disputar 12 seleções. Em 1996, o número de participantes aumentou novamente passando de 12 para 16, este ano marcou também pelo retorno da África do Sul as competições, sendo escolhido também como país sede torneio daquele ano.

Os locais da competição neste Edição

State Port Gentil – 20.000 lugares – cidade: Port Gentil, Gabão

State Oyem – 20.000 lugares – Cidade de Oyem, Gabão

State de L’Amitie Sens – Libreville – 38.000 lugares – Cidade de Libreville, Gabão

Franceville – 20.000 lugares – Cidade Franceville, Gabão.

As seleções que participarão da Copa da África 

Grupo A: Gabão, Burkina-Faso, Camarões e Guiné-Bissau
Grupo B: Argélia, Tunísia, Senegal e Zimbábue
Grupo C: Costa do Marfim, Marrocos, República Democratica do Congo e Togo
Grupo D: Gana, Mali, Egito e Uganda

Assim como ocorre na América do Sul, a maior parte dos jogadores de destaque jogam nas principais ligas europeias. Dentre todas as Ligas, a Premiere League é o campeonato com mais jogadores disputando a Copa Africana de seleções. Veja abaixo a lista de jogadores.

ARSENAL: Mohamed Elneny -Egito;

BOURNEMOUTH: Max Gradel -Costa do Marfim;

BURNLEY: ;sem jogador convocado;

CHELSEA: sem jogador convocado;

CRYSTAL PALACE: Bakary Sako-Mali e Wilfried Zaha-Costa do Marfim;

EVERTON: Idrissa Gana Gueye – Senegal;

HULL CITY: Ahmed Elmohamady -Egito e Dieumerci Mbokani- R. D. do Congo;

LEICESTER CITY: Riyad Mahrez -Argélia, Islam Slimani – Argélia e Daniel Amartey- Gana;

LIVERPOOL: Sadio Mané -Senegal;

MANCHESTER CITY: ;sem jogador convocado;

MANCHESTER UNITED: Eric Bailly -Costa do Marfim;

MIDDLESBROUGH: Sem jogador convocado;

SOUTHAMPTON: Sem jogador convocado;

STOKE CITY: Mame Biram Diouf -Senegal, Ramadan Sobhi-Egito e Wilfried Bony – Costa do Marfim;

SUNDERLAND: Wahbi Khazri-Tunísia, Lamine Koné – Costa do Marfim e Didier Ndong -Gabão;

SWANSEA CITY: Sem jogador convocado;

TOTTENHAM: Sem jogador convocado;

WATFORD: Adlene Guedioura- Argélia;

WEST BROMWICH ALBION: Sem jogador convocado;

WEST HAM UNITED: Andre Ayew -Gana e Cheikhou Kouyaté-Senegal.