Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Diretor do Grêmio tranquiliza torcida e dá boa notícia sobre Miller Bolaños

A torcida gremista não esconde o temor pela ausência de grandes reforços para 2017. Enquanto rivais diretos na Libertadores como Palmeiras e Flamengo se reforçaram com nomes de peso, como Guerra e Conca, respectivamente, o Grêmio acabou não trazendo nenhum jogador de “encher aeroporto”. Por outro lado, manteve a base campeã da Copa do Brasil e aposta na continuidade por mais um bom ano.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Grêmio

Dentro do elenco gremista, um jogador em especial ainda desperta a curiosidade de todos. Contratado no início do ano passado por cerca de R$ 20 milhões, o equatoriano Miller Bolaños ainda não conseguiu deslanchar completamente com a camisa do Grêmio. Em contato com a Rádio Gaúcha, o diretor de futebol do clube, Saul Berdichevski, garantiu que o equatoriano tem tido uma ótima participação nas atividades de pré-temporada.

LEIA MAIS:

Ex-Grêmio, novo reforço colorado já disse que tricolor tem a “maior” torcida do RS

Edílson revela como Renato motivou o grupo antes da final da Copa do Brasil

Neste sábado, os comandados de Renato Gaúcho realizam o segundo teste da temporada contra o Aimoré. Na última segunda-feira, no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre, o Grêmio aplicou 7×0 no Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio Grande do Sul e Bolaños teve destaque no treino. Além da boa movimentação com Pedro Rocha no ataque, o ex-jogador do Emelec marcou um dos gols da goleada.

Segundo Berdichevski, Bolaños está “arrebentando nos treinamentos” e isso tranquiliza a direção com relação à busca de reforços para o ataque. No momento, o clube concentra suas atenções em um novo zagueiro, já que apenas três fazem parte do plantel: Pedro Geromel, Walter Kannemann e Rafael Thiery. O Grêmio não esconde a expectativa por um ano regular e assíduo de Bolaños dentro do grupo.

Isso porque, em 2016, lesões fizeram parte do seu curso no Grêmio. Logo no primeiro Gre-Nal da temporada, Bolanõs acabou levando uma cotovelada do lateral-direito William e teve fraturas na face, o que o obrigou a ficar mais de 40 dias afastado dos gramados. Quando voltou, não teve boas exibições e amargou a reserva. A última impressão, no entanto, foi das melhores. O último gol do Grêmio na campanha do título da Copa do Brasil tem sua autoria, no empate em 1×1 contra o Atlético-MG, na Arena.

As melhores notícias de esportes, direto para você