Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Felipe Melo diz que pisão em Robben serviu como aprendizado

Após passar muitos anos na Europa e acumular passagens em grandes clubes europeus, Felipe Melo voltou ao Brasil parar defender o Palmeiras na temporada de 2017. Com algumas expulsões na “bagagem”, e pelo jeito de entrar firme em muitas jogadas, o volante acabou ganhando a fama de ser violento. Um episódio que marcou sua carreira foi um pisão que deu em Arjen Robben, da Holanda, no jogo em que o Brasil foi eliminado da Copa do Mundo em 2014.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Divulgação

Felipe Melo experimentou os dois lados do futebol no mesmo dia. Após dar um passe para o gol da Seleção Brasileira ainda no primeiro tempo e ser taxado como “herói”, o jogador passou a ser o vilão depois de fazer um gol contra e ser expulso da partida por ter dado um pisão no holandês Robben.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE FELIPE MELO, NOVO REFORÇO DO PALMEIRAS:

Entenda a polêmica envolvendo Felipe e os dirigentes do Flamengo

Em entrevista ao Esporte Espetacular que vai ao ar no próximo domingo, Felipe Melo garantiu que se pudesse voltar no tempo, repetiria o que aconteceu na Copa do Mundo de 2014. O jogador do Palmeiras revelou que não se sente culpado e garantiu que o lance serviu para fazê-lo aprender com seus erros, e revelou que hoje, mais experiente, não faria de novo.

“Para ser bem sincero? Se acontecesse amanhã o que aconteceu, eu pisaria de novo, porque serviu como aprendizado para mim. Eu sou ser humano, e ser humano é passível de erro. Errei, aprendi com aquele erro e cresci como profissional e como ser humano. Obviamente, volto a dizer, hoje com mais experiência, se tiver um jogo, óbvio que eu não vou fazer de novo, pela experiência que eu tenho. Mas há dez anos atrás, oito anos atrás, se tivesse que fazer de novo, se tivesse que voltar no tempo, eu faria de novo”, disse jogador do Palmeiras ao Esporte Espetacular.