Jogando em casa, Sertãozinho não segura o São Caetano na estreia da A2

O domingo marcou a estreia do atual campeão da A3 , o Sertãozinho Futebol Clube, que recebeu em casa a forte equipe do São Caetano. O Touro dos Canaviais até mostrou um domínio grande durante todo o primeiro tempo, mas um lance da etapa complementar decretou a vitória dos visitantes por 1 a 0.

Tamiris Dinamarco
Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito da foto: Tamiris Dinamarco/Torcedores.com

Na próxima quarta-feira, 01, o Sertãozinho enfrenta o XV de Piracicaba fora de casa às 20h00 no Barão de Serra Negra. Já o São Caetano recebe o Votuporanguense no Anacleto Campanella.

LEIA MAIS:
INGRESSOS PARA SERTÃOZINHO X SÃO CAETANO COMEÇAM A SER VENDIDOS
LATERAL DO SERTÃOZINHO MOSTRA HABILIDADE FORA DOS GRAMADOS E COMENTA ESTREIA NA A2
COM MISTÉRIO NO TIME TITULAR, SERTÃOZINHO ESTREIA CONTRA O SÃO CAETANO

O jogo
A partida começou bastante movimentada e os donos da casa mostravam maior perigo ao gol. O primeiro bom lance aconteceu aos 20 minutos com Leleco, que fez boa jogada para Barbosa e o meia finalizou próximo a meta adversária.

O São Caetano não deixou barato e arriscava algumas jogadas, a principal delas acontecem com Gabriel Magrão, que recebeu a bola após escanteio e obrigou o goleirão Márcio fazer uma grande defesa.

Ainda no finalzinho do primeiro tempo, Edu Pina fez boa jogada e deixou Tito (foto) em boa condição para abrir o placar, mas sem sucesso.Tito

Na etapa complementar mudanças logo de início na equipe grená. O goleiro Márcio sentiu uma contusão e foi substituído por Saulo. O jogo começou morno e o ritmo das equipes diminuíram sob o forte calor de 32 graus.

Aos 29 minutos, Ermínio recebeu na área e tocou por cima de Saulo, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O gol do São Caetano saiu aos 34 minutos, com uma cobrança de escanteio e Gabriel Magrão cabeceou livre: 1 a 0.

O touro seguiu pressionando, mas sem sucesso. A estreia do atual campeão da A3 começava com um pequeno tropeço.

Ficha técnica

Sertãozinho: Márcio (Saulo), Dick, Eli Sabiá, Jorge Miguel e Edu Pina. Mateus, Felipe Manoel, Barbosa e Leleco. Tito (Gabriel Davis) e Dimba (Felipe Silva). Técnico: Júlio Sérgio

São Caetano: Lucas Frigeri, Alex Reinaldo, Sandoval, Magrão e Lucas Pavone. Esley, Ferreira, Paulo Vinícius (Norton) e Francisco Alex (Carlão). Lincon e Elias (Ermínio). Técnico: Luis Carlos Martins

Fotos: Tamiris Dinamarco