Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

“Palmeiras é um dos verdadeiros parceiros da Chape”, elogia Rafael Henzel

No processo de reconstrução da equipe após o trágico acidente aéreo no final de novembro, em que 19 jogadores e mais a comissão técnica morreram na Colômbia, a Chapecoense encontrou no Palmeiras um importante aliado. De tantos times que prometeram auxiliar o time catarinense, na prática somente o atual campeão brasileiro, de fato, vem cumprindo a palavra.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Getty Images

LEIA TAMBÉM:
Confirmada renovação, Palmeiras e Crefisa têm Pratto como Plano A e montam estratégia
Mercado da Bola: Palmeiras avança em negociação e deve fechar com Willian Bigode
Felipe Melo “converte” família e ganha apelido da torcida do Palmeiras; confira
“China brasileira”, Palmeiras tem média de quase dois times de reforços por temporada

Foi o que falou o diretor de futebol da Chape, João Carlos Maringá, no final do ano passado em entrevista ao UOL Esporte. O Palmeiras foi o único dos clubes que disponibilizou uma lista de jogadores renomados de seu elenco para tentar entrar em um acordo com os catarinenses.

Além disso, o Palmeiras será o adversário da Chapecoense em amistoso, no próximo dia 21, na Arena Condá, que destinará metade da renda para os familiares das vítimas e a outra parte irá para os cofres do clube de Chapecó. O atual campeão brasileiro não receberá um centavo e a iniciativa veio do próprio ex-presidente Paulo Nobre no final de seu mandato.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 
Reprodução/Rádio Oeste Capital

Reprodução/Rádio Oeste Capital

Diante de tamanha generosidade por parte da diretoria do Palmeiras, o jornalista Rafael Henzel, um dos sobreviventes do acidente com a delegação da Chapecoense, confirmou que ambos os times têm ótima relação em conversa com internautas via Twitter.

Palmeiras é um dos grandes e verdadeiros parceiros [da Chapecoense], com certeza. Prova disso é o amistoso do dia 21 também”, escreveu Henzel.

Quando questionado se era verídica a história de que o Palmeiras tinha influência na fundação da Chape, o jornalista disse: “Parceria aumentou com o negócio do Hyoran. Em 2016, o jogo mais tenso foi contra o Palmeiras, em Chapecó. Hoje os dois são irmãos”, confirmou.

Henzel ainda opinou sobre a força do Palmeiras para a temporada 2017, principalmente com a disputa da Libertadores e o investimento pesado por parte a Crefisa (que deve focar suas forças na contratação de Lucas Pratto ou Borja). “Investimento pesado do meio para frente. Jogadores rápidos. Tem que encaixar com o treinador. Mas a Libertadores tem muitas surpresas”, ressaltou.