Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Prass defende Felipe Melo quanto a modo de expressão: “Libertadores é contato físico”

Quando chegou ao Palmeiras, o volante Felipe Melo já impressionou na primeira vez em que teve chance de falar com a imprensa. Com declarações contundentes e polêmicas, o agora “Pitbull” do Allianz Parque afirmou, entre tantas coisas, que “se tiver que dar tapa na cara em jogo contra times uruguaios, certamente o fará para ajudar o Verdão na Libertadores”.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

LEIA TAMBÉM:
Prass não quer saber de Palmeiras só priorizar a Libertadores: “Desperdício de dinheiro”
Mágoa? Veja o que Prass falou após “perder” braçadeira de capitão para Dudu

Prass “trolla” Jaílson em resposta sobre vantagem no Palmeiras; assista

A afirmação foi repercutida de maneira negativa por vários integrantes da imprensa, que criticaram Felipe Melo por fazer apologia à violência. Em entrevista coletiva na última terça-feira, o goleiro Fernando Prass defendeu o companheiro de clube.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

O camisa 1 disse que as declarações não podem ser entendidas de maneira literal, e que o novo camisa 30 do Verdão quis dizer que não irá faltar raça em campo, algo que já é de sua característica.

“Acho que foi um modo de se expressar, o Felipe não quis dizer literalmente que vai dar tapa na cara. Ele sabe que, se der tapa na cara, vai ser expulso. Ele quis dizer que tem de ser viril, a Libertadores é de contato físico. Se tiver de ter contato físico também, além de jogar bola, vamos ter contato físico”, explicou Prass.

O Torcedores.com apurou que, nos vários anos que jogou no futebol europeu, Felipe Melo acumulou poucos cartões pela fama que “ganhou” principalmente após a expulsão nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010. Na ocasião, a seleção brasileira foi eliminada pela Holanda por 2 a 1 e o volante recebeu o cartão vermelho ao dar um pisão em Robben na etapa final de jogo.

As melhores notícias de esportes, direto para você