Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Referências, conselhos da mãe e escolha pelo Palmeiras: um pouco mais de Yerry Mina

Campeão Brasileiro de 2016 e sempre chamado para defender a Seleção da Colômbia, o zagueiro Yerry Mina é apontado pela mídia internacional como uma das grandes promessas do futebol. Com apenas 22 anos, o defensor tem seu nome constantemente ligado a grandes equipes da Europa. Em entrevista ao jornal “Sport”, ele fala sobre as referências que tem na sua posição, os conselhos que recebe da mãe e a escolha pelo Palmeiras.

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: crédito da foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

“Admiro aqueles que jogam com atitude. Como Piqué, Yaya Touré e também Sérgio Ramos e Thiago Silva. Aprende com meus companheiros de seleção. Murillo, Cristian Zapata, Balanta e Davinson Sánchez. No Palmeiras eu observo muito Edu Dracena, Victor Hugo e Thiago Bueno”, destaca Mina.

LEIA MAIS:

PRATTO OU BORJA? LUXA DIZ QUE ESCOLHERIA O ARGENTINO “SEM PENSAR”
MERCADO DA BOLA: PALMEIRAS EMPRESTA ATACANTE PARA A DISPUTA DO PAULISTÃO
PELA PRIMEIRA VEZ, BORJA APONTA A PRINCIPAL DIFICULDADE EM IR PARA O PALMEIRAS

Apesar do assédio cada vez maior em seu futebol, Mina é tranquilo e diz não ter pressa sobre uma provável transferência. O Barcelona é um dos interessados em ter o jogador em seu elenco. Em determinado momento do bate papo realizado em sua casa no bairro de Perdizes, em São Paulo, o correspondente Joaquim Piera pergunta se ele sabia que nunca um colombiano chegou a vestir a camisa do clube catalão e que, indiretamente, ele poderia ser o primeiro a romper esta barreira.

“Sim (risos). Se com a ajuda de Deus apresentar esta oportunidade, vou tentar agarrá-la. Mas por enquanto, estou no Palmeiras, onde sou feliz e é quero colocar meu nome na história deste clube’, afirmou Mina.

Assim como tantos outros, Mina também tem o desejo de um dia poder desfrutar de uma liga forte atuando por um gigante da Europa. Para isso, ele procura ouvir os conselhos de sua mãe para alcançar voos maiores em sua carreira.

“Eu sempre penso grande. Minha mãe me disse um dia “ir com o grande e será grande.” Então, eu tento estar lá”.

Por pouco ele não deixou o seu país direto para o continente europeu. O temor em ser emprestado para uma equipe menor para ganhar experiência, algo até comum por lá, fez com que ele mudasse os planos. O Palmeiras surgiu como uma chance de crescimento e ele garante ter feito a escolha certa.

“Apostamos por vir para cá [Palmeiras] e fazer um bom trabalho para crescer e aprender. Creio que a decisão foi correta. O Palmeiras é um grande clube, uma grande equipe e não tenha dúvida que tínhamos capacidade de disputar o campeonato [Brasileiro de 2016]. No fim, ganhamos o título”, finalizou Mina.

LEIA MAIS:

PAI DE ALEXANDRE MATTOS SOFRE AGRESSÃO E É AMEAÇADO DE MORTE EM BELO HORIZONTE
BORJA REVELA RECUSA POR OFERTA DA ITÁLIA E DIZ ESPERAR ALGO NOS PRÓXIMOS DIAS
NA MIRA DO PALMEIRAS, PRATTO ALTERA FOTO DO PERFIL EM SUAS REDES SOCIAIS; VEJA

Siga o autor no Twitter: Eder Bahúte – @ederbahute

As melhores notícias de esportes, direto para você