Retornos e ausências: veja um resumo do treino do Palmeiras nesta sexta-feira

O técnico Eduardo Baptista não tem descanso no Palmeiras. Nesta sexta-feira, o treinador do Verdão comandou nova atividade na Academia de Futebol, mas antes do treino começar, ele se reuniu no círculo central onde conversou bastante com o elenco. No gramado, foram notas três ausências significativas – o meia Guerra, que foi resolver assuntos burocráticos e não apareceu no CT pelo segundo dia seguido, o meia Moisés, que fez trabalhos específicos na academia, e o atacante Keno, que deixou o jogo-treino contra o Atibaia, na última quinta, com dores lombares.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

LEIA TAMBÉM:
Palmeiras vence jogo-treino na Academia de Futebol; assista aos gols
Gabigol? Mattos revela que Kia tentou contratar Gabriel Jesus para a Inter de Milão
Guerra deve perder estreia do Palmeiras pelo Campeonato Paulista; entenda

O zagueiro Yerry Mina fez o aquecimento com o grupo de jogadores, mas não participou das atividades com bola. O colombiano passa por uma programação especial para recuperar o condicionamento físico após seguidas lesões na reta final do Campeonato Brasileiro.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Tanto Guerra, quanto Moisés e Mina estão fora do amistoso contra a Ponte Preta, no domingo, em São Paulo, e também da estreia pelo Campeonato Paulista contra o Botafogo-SP, em casa, no próximo dia 5 de fevereiro.

Por outro lado, o zagueiro Vitor Hugo e o atacante Dudu trabalharam normalmente na Academia de Futebol do Verdão dois dias após defenderem a seleção brasileira no amistoso contra a Colômbia, no Engenhão. O camisa 7, inclusive, marcou o gol da vitória do Brasil.

A fim de preparar a equipe para o amistoso contra a Ponte Preta, domingo, no Allianz Parque, a comissão técnica organizou diversos trabalhos para treinar os fundamentos do elenco. De um lado do gramado, os auxiliares Claudio Prates, Pedro Gama e o técnico do sub-20, João Burse, comandaram treinamento com os zagueiros Vitor Hugo, Edu Dracena, Thiago Martins e Antônio Carlos.

Na outra metade do campo, Eduardo Baptista orientou a equipe uma atividade ofensiva. Sem adversários ou obstáculos, o treinador fortaleceu a saída de jogo com volantes e laterais, incentivando cruzamentos, cabeçadas, troca de passes e finalizações dos homens de frente.

O Palmeiras volta a campo na Academia de Futebol na manhã de sábado, no último dia antes do jogo contra a Ponte.