Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Saiba o valor das cotas que a TV vai pagar para seu time nos Estaduais

Os principais campeonatos estaduais estão prestes a começar e com eles as velhas polêmicas, como por exemplo, as das cotas pagas pela televisão para cada equipe. De fato, muitas das informações sobre este temas são desencontradas, contudo, com uma pesquisa bem feita, é possível traçar uma realidade do que acontece no futebol brasileiro. Abaixo, confira a quantia desembolsada nos principais Estaduais do Brasil.

Ramon Lopes
Foi editor do semanário BolanoBarbante, apaixonado por esportes, entusiasta das corridas de rua e dos jogos de tênis.

Crédito: Foto: Reprodução

Não é novidade para ninguém que o Campeonato Paulista é o regional que atrai a maioria das atenções e por isso, consegue alavancar cifras mais generosas que os outros estaduais. O valor pago no Paulistão, é um dos fatores que fazem com que as equipes paulistas não participem da Primeira Liga, que desembolsa um valor sete vezes menor.

LEIA MAIS:
SELEÇÃO BRASILEIRA FARÁ PRIMEIRO JOGO APÓS ENGENHÃO VIRAR NILTÃO
RAIO-X: CONFIRA OS NÚMEROS DE BETO DA SILVA, NOVO REFORÇO DO GRÊMIO
CORITIBA SE MOSTRA OTIMISTA E AGUARDA RESPOSTA DE RONALDINHO GAÚCHO

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

No Paulistão, Corinthians, São Paulo, Santos e Palmeiras recebem cerca de R$ 17 milhões, como informa a revista veja e o portal Máquina do Esporte. Entre os grandes clubes e os demais temos a Ponte Preta, que recebe R$ 5 milhões. Já as demais equipes que disputam o torneio embolsam cerca de R$ 3,3 milhões. Ao todo, o contrato feito com a TV Globo é de R$ 160 milhões.

O time que conquista o Campeonato Paulista leva para casa R$ 5 milhões, sendo que o vice recebe R$ 1,65 milhão e o terceiro R$ 1,1 milhão. Para se ter uma ideia, o que a Ponte Preta recebe na disputa do Paulista é maior que os principais clubes de Pernambuco (Sport, Náutico e Santa Cruz), que têm direito a R$ 950 mil. Ao todo, o Campeonato Pernambucano distribui R$ 3,84 milhões.

Carioca

Já o regional disputado no Rio de Janeiro é o segundo mais lucrativo no país, com um contrato de R$ 120 milhões. Assim como em São Paulo, a disparidade entre os grandes clubes para os menores é imensa. Enquanto Flamengo, Vasco, Botafogo e Fluminense embolsam R$ 15 milhões da TV Globo, Bangu, Madureira, Volta Redonda e Boavista recebem apenas R$ 3,2 milhões, sendo que os demais clubes levam para os cofres uma fatia bem menor, de R$ 2,1 milhões.

No Campeonato Carioca, o vencedor recebe R$ 4 milhões, sendo que o vice embolsa R$ 1,8 milhão. Já os semifinalistas da competição ficam com R$ 250 mil.

Mineiro

Na sequência dos estaduais mais lucrativos aparece o Campeonato Mineiro, distribuindo bem menos que o Campeonato Carioca e o Paulista. A competição organizada pela FMF divide entre os participantes e premiações R$ 36 milhões, sendo que R$ 12 milhões a Cruzeiro e Atlético;R$ 2,8 milhões ao América e R$ 850 mil aos demais clubes de Minas Gerais que disputam a elite do Estadual.

Em quarto lugar temos o Campeonato Gaúcho, pagando no total menos R$ 2,2 milhões que o Campeonato Mineiro, segundo informações da Rádio Gaúcha. Grêmio e Internacional recebem para disputar a competição R$ 11 milhões, sendo que Brasil de Pelotas e Juventude embolsam cerca de R$ 1,5 milhão. Já as outras equipes levam para os cofres R$ 1,1 milhão

Estima-se que em São Paulo, a TV aberta tenha um alcance de 43, 8 milhões de telespectadores. Já no Rio de Janeiro o número sobe para R$ 56,8 milhões, enquanto em Minas a projeção é de R$ 20,6 milhões, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 11,1 milhões.

(Dados extraídos da Máquina do Esporte, ESPN, Federações, Veja , blog Toque Di Letra e Rádio Gaúcha)

As melhores notícias de esportes, direto para você