Boxe

10 filmes de esporte que ganharam o Oscar

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Foto: Cair e levantar fez parte muitas vezes da vida de Ronaldo. O Fenômeno virou exemplo de superação por voltar a jogar bem depois das seguidas lesões nos joelhos. É o Rocky Balboa brasileiro.

Crédito: Reprodução/Imdb

Na noite deste domingo (26), acontece a 89ª premiação do Oscar, realizada no Teatro Dolby, na cidade de Los Angeles, na Califórnia. O anfitrião será o comediante Jimmy Kimmel.

E o esporte, ao longo da história, teve seu reconhecimento na maior premiação dos filmes. E pensando nisso, o Torcedores.com separou 11 filmes relacionados ao esporte que conquistaram estatuetas.

Todos ficaram marcados na história dos cinemas e muitos serviram como inspiração. Confira:

1 – Rocky: Um lutador (1977)

Um sucesso total. O filme de 1976 faturou 3 estatuetas em 1977 (inclusive como melhor filme), além de ter recebido, no total, 10 indicações. Foi o trabalho que apresentou Sylvester Stallone para o mundo.

O filme mostra a história de Rocky, um boxeador amador da Filadélfia e que nunca teve chance no esporte até receber um convite do atual campeão mundial, Apollo Creed. A história mostra a superação de Rocky frente à suas limitações, a relação com sua futura esposa, Adryan, além dos ensinamentos de seu treinador, Mickey.

2 – Menina de Ouro (2005)

Mais um filme relacionado ao Boxe, que apresenta grandes atuações individuais, e uma história com desfecho emocionante. Mostra disso foram as premiações de Hilary Swank como melhor atriz, Clint Eastwood como melhor diretor e Morgan Freeman como melhor ator coadjuvante, além da estatueta de melhor filme.

3 – O Vencedor (2011)

Boxe realmente era o carro chefe nas conquistas de estatuetas. O Vencedor é o filme mais recente premiado, com uma atuação acima da média de Christian Bale, vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante. A melhor atriz coadjuvante também foi deste filme.

A obra mostra a relação dos irmãos Micky Ward (Mark Wahlberg) e Dicky Eklund (Christian Bale). O irmão mais novo, Micky, tentando trilhar seu caminho no esporte, apoiado (ou nem tanto assim) pelo irmão mais velho, Dicky. O filme é baseado em fatos reais.

4 – Touro Indomável (1981)

Outra obra com boxe como destaque, ganhou duas estatuetas, dentre elas, com Robert de Niro como melhor ator. O filme mostra a vida de Jake LaMotta, um boxeador que já foi campeão mundial e venceu Sugar Ray, mas que tinha uma vida desregrada fora dos ringues.

5 – Quando éramos reis (1997)

Um documentário que retrata a batalha (é assim que podemos chamar) entre Muhammad Ali e George Foreman, em 1974, no Zaire. Toda a trajetória é retratada até o desfecho final com a vitória de Ali. Levou a estatueta de melhor documentário.

6 – Jerry Maguire: A Grande Virada (1997)

Jerry Maguire é um agente que não vivia um bom momento e por fim, acaba mantendo apenas 1 cliente, que é um jogador de futebol famoso e extremamente problemático. O filme premiou Cuba Gooding Jr como melhor ator coadjuvante.

7 – Um sonho possível (2010)

Mais uma história baseada em fatos reais, apresenta Michael Oher, um sem-teto que é ajudado pela família de Leigh Anne, a quem acaba criando um laço afetivo, entrando assim para a família, e paralelamente trilhando seu caminho dentro do futebol americano. Sandra Bullock levou a estatueta de melhor atriz.

8 – Carruagens de Fogo (1982)

Um filme que certamente entrou para a história do Oscar e do esporte, assim como Rocky. Foi o segundo a levar a estatueta de melhor filme, além de outras 3, incluindo a de melhor canção, que no fim, imortalizou a música de Vangelis como sendo a trilha sonora das corridas de maratonas. O filme basicamente mostra a preparação da equipe do Reino Unido para os Jogos Olímpicos de 1924.

9 – Os Quatro da Vida Airada (1980)

Filme que tem o ciclismo como carro chefe, apresenta a história de 4 adolescentes, que concluem o ensino médio, mas não tem certeza do que querem fazer no futuro. A obra levou a estatueta de melhor roteiro original.

10 – Ídolo, amante e herói (1943)

Filme mais antigo da lista, mostra a vida de Lou Gehrig, jogador de basebol e orgulho dos Yankees, clube o qual defendeu por toda a carreira, até sofrer com uma doença que o fez abandonar o esporte e 2 anos mais tarde, o fez falecer.