DESTAQUE

3 lições que o Santos tirou do jogo contra o Red Bull

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Santos

Crédito: Foto: Divulgação

Na manhã deste domingo (12), o Santos enfrentou o time do Red Bull Brasil no estádio do Pacaembu.

O Peixe teve um jogo difícil, mas saiu com a vitória pelo placar de 3 a 2, com um gol bastante polêmico aos 47 minutos do segundo tempo, que levou o alvinegro praiano à mais três pontos na competição.

LEIA MAIS:
Neste fim de semana, Peixe inicia sequência de 5 jogos em 14 dias; veja os adversários

Apesar dos equívocos da arbitragem, o Santos oscilou bastante durante a partida. Teve momentos em que mandou no jogo, determinou o ritmo, mas também momentos em que sofreu com a pressão do RB Brasil e acabou levando gols que não está acostumado.

Por isso, o Torcedores.com separou três lições que a equipe santista tirou da partida para que possa se utilizar delas nos próximos desafios:

Mais atenção no setor defensivo: apesar do time ter entrado em campo sem o volante Renato e o goleiro Vanderlei, ambos no departamento médico do clube, Dorival não conseguiu o mesmo sucesso com as mudanças. Além dos gols tomados, um originado de bola aérea e outro por falta de atenção da zaga, ainda teve bolas na trave que poderiam tem complicado o resultado ao Peixe.

Lucas Lima essencial no meio-campo: a maioria das jogadas trabalhadas que resultaram em bons momentos para o Santos durante a partida se originaram por toques ou dribles de Lucas Lima. Se utilizar o máximo possível do atleta pode render mais oportunidades de gols.

Não perder tantos gols: a equipe da baixada santista poderia ter garantido a vitória mais cedo se tivesse feito gols que perdeu. Rodrigão em duas oportunidades e Copete em uma, exemplificam as chances desperdiçadas pela equipe na partida deste domingo.