Agora rivais, Léo Moura e Flamengo têm encontro marcado na quarta-feira

Por 10 anos, Léo Moura vestiu a camisa do Flamengo e se tornou um ídolo entre os rubro-negros pela história construída na Gávea. Entre vitórias, derrotas, títulos, gols e assistências, foram mais de 500 partidas em uma passagem que só terminou em 2015, quando o lateral se transferiu para o Strikers, da liga norte-americana de futebol profissional.

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Gilvan de Souza/Flamengo

Agora, os destinos de Léo Moura e Flamengo voltam a se cruzar, mas dessa vez em lados opostos. O jogador foi uma aposta pessoal do técnico Renato Gaúcho para a temporada de 2017 e mesmo aos 38 anos foi contratado pelo Grêmio, após uma temporada bastante regular pelo Santa Cruz, do Recife.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

LEIA MAIS:

Após vitória do Palmeiras, Felipe Melo dispara contra Neto: “Você é um bobão”

Juiz leva bolada incrível, se machuca e desclassifica tenista do Canadá; veja

Léo Moura ainda não fez nenhuma partida oficial pelo Grêmio, mas está cotado para iniciar a partida de quarta-feira, contra o Flamengo, pela Primeira Liga. Cariocas e gaúchos se enfrentam em Brasília, a partir das 19h30, no estádio Mané Garrincha. Renato, comandante tricolor, já admitiu que deve poupar os titulares e escalar os reforços contratados para 2017, caso do experiente lateral.

“Contra o Flamengo, já falei com o departamento de futebol. Não adianta botar a mesma equipe, será totalmente diferente. Poderemos ver os jogadores que chegaram, e dar ritmo a eles”, explicou o técnico Renato Gaúcho, logo após a vitória por 2×0 sobre o Ypiranga, na quinta-feira passada, na Arena, pela estreia no estadual.

Nesta projeção, um possível time gremista para enfrentar o Flamengo na quarta-feira teria Bruno Grassi; Léo Moura, Rafael Thyere, Bressan e Cortez; Michel e Kaio; Fernandinho, Maxi Rodríguez e Everton; Jael. 

Léo se arrepende de ter saído do Fla

Logo após assinar com o Grêmio, Léo Moura participou do programa Seleção SporTV, do canal a cabo SporTV, e admitiu um certo arrependimento de ter saído do Flamengo. A torcida rubro-negra até hoje guarda mágoas pela saída do ex-capitão.

“Eu costumo falar para pessoas próximas que eu me precipitei um pouco em ter saído do Flamengo. Acho que eu não suportava mais algumas coisas que estavam acontecendo, que eu não preciso citar. Acho que, se eu tivesse esperado um pouco, eu não teria ido para os Estados Unidos e para a Índia. Mas já que aconteceu, foi uma experiência de vida. Aquilo serviu para que eu pudesse ver algumas coisas”, disse Léo Moura

O lateral, pelo rubro-negro, ganhou o Brasileirão 2009, a Copa do Brasil em 2006 e 2013, além de cinco Campeonatos Cariocas. Agora, tenta seguir sua vitória carreira em outro gigante do futebol brasileiro.