Futebol

Atacante criado na base do Santos assina com o Corinthians

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Crédito: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC

O atacante Natan, ex-base do Santos, assinou contrato nesta terça-feira com o Corinthians por dois anos. O jovem que completou recentemente 20 anos será integrado ao time Sub-20 e a expectativa é que seja promovido ao elenco profissional até 2018, quando não terá mais idade para atuar nas categorias de base.

“Tive uma recepção muito calorosa com a diretoria. Estou feliz. Espero conquistar muitos títulos com essa camisa, dar alegria para essa torcida. Se tudo der certo, logo menos quero estar no profissional. O próprio Osmar Loss deu a bênção para a minha contratação”, disse Natan, em entrevista ao Globoesporte.com.

VEJA MAIS:
Cássio confirma oferta do Grêmio em 2016 e explica por que não saiu do Corinthians
Corinthians confirma ex-lateral como novo técnico do time Sub-20 

O atacante defendeu as categorias de base do Santos nos últimos sete anos, mas insatisfeito em não receber chances nos profissionais acertou a sua saída do Peixe no final de dezembro, poucos dias antes da disputa da Copinha. Ele estaria na lista do técnico Marcos Soares para a principal competição de base do Brasil. O seu contrato venceria em fevereiro deste ano e não teve ânimo nenhum em permanecer na Baixada, já que o técnico Dorival Júnior promoveu Arthur Gomes, reserva de Natan no Sub-20, aos profissionais.

Além de Corinthians, Natan recebeu propostas de cinco clubes brasileiros, entre eles o Palmeiras e o São Paulo. Ele revelou que a atenção dada pelo clube e por técnico Osmar Loss, ex-técnico do Sub-20, foi importante para tomar a decisão em fechar contrato com o Timão.

“Sempre joguei contra o Corinthians, tive maior carinho. Tenho muitos amigos aqui. É o clube do coração da minha mãe, pesou na decisão”, contou o atacante.

O jogador, natural do Mato Grosso, chegou às categorias de base do Santos por do intermédio do pai de uma ex-promessa da base do clube, Jean Chera, em 2009, após treinar em um time da cidade de Paranaíta (MT).