Atlético-MG promete open bar de cerveja para sócios se meta for alcançada

quarta-feira Atlético-MG
Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG (23/11/2016)

O Atlético-MG segue buscando maneiras e inovando para conquistar um número ainda maior de sócios-torcedores. As ações buscam privilegiar principalmente os membros do programa Galo Na Veia (GNV) Preto, o plano de associado mais caro do clube (R$ 220,00 mensais) e que, atualmente, tem como maior vantagem o acesso a todos os jogos do clube em casa.

Recentemente, no confronto contra o Joinville, pela Primeira Liga, cerveja foi distribuída para os associados desde a abertura dos portões da Arena Independência até o fim do primeiro tempo.

LEIA MAIS:

DIRETOR DO ATLÉTICO DETONA AÇÕES DO GRÊMIO NO ‘CASO VICTOR’: “ESTÁ JOGANDO PARA A PLATEIA”

OTERO REVELA INSPIRAÇÃO EM RONALDINHO GAÚCHO PARA COBRAR FALTAS

OTERO “MITA” NARRANDO GOLAÇO MARCADO CONTRA O TOMBENSE; ASSISTA

De acordo com o ‘Torcedômetro’ do site “Movimento Por Um Futebol Melhor”, que informa os números de sócios-torcedores das equipes brasileiras, o Atlético-MG aparece na 7ª posição com 72.915 fãs, dos quais 2900 fazem parte do GNV Preto.

Lucas Couto, diretor de administração do Atlético, concedeu entrevista ao portal Superesportes, de Minas Gerais, e explicou qual a meta deve ser alcançada para a ação ser realizada pelo clube.

“Hoje temos 2.900 sócios Galo na Veia Preto. Se chegarmos a cinco mil nessa modalidade, vamos fazer open bar de cerveja em nossos jogos como mandante. ”

No jogo deste final de semana, contra o América-MG, haverá promoção para todas as categorias do GNV (Branco, Prata e Preto), que vão poder levar uma criança de até sete anos ao Mineirão, sendo que as duas primeiras categorias citadas precisam comprar o ingresso para poderem levar um acompanhante.

O Atlético sempre valorizou seu sócio-torcedor. Estamos trazendo experiências novas para os sócios. Buscamos cada vez mais uma interação, além do espetáculo de campo, criando outros entretenimento para o dia do jogo. Contra o América, teremos novas ações. Cada vez mais, o Atlético vai valorizar as crianças atleticanas. Contra o América, o sócio-torcedor poderá levar uma criança de até sete anos. Vamos planejar outras ações”, falou o diretor.



Estudante do 8º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.