Bandeira de Mello diz que publicação do Flamengo foi “infeliz”

Flamengo
Eduardo Bandeira de Mello - Foto: Getty Images

O Presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello admitiu que um post feito pela assessoria de imprensa do clube após a vitória no clássico contra o Botafogo ontem, foi “infeliz”. Veja!

A publicação, que dizia “Cadê você? Não adianta fugir, não adianta correr” gerou controvérsia e discussão entre os dois clubes, com o Botafogo inclusive proibindo o Flamengo de jogar no Estádio Nilton Santos.

LEIA MAIS:
PARA WILLIAM ARÃO, FLAMENGO ESTÁ PREPARADO PARA TÍTULOS EM 2017
FLAMENGO IGUALA MELHOR INÍCIO DE ANO DESDE 2011

Em entrevista ao programa “Seleção SporTV”, o presidente do Flamengo disse que a publicação, apesar de na sua opinião, ter feito menção somente ao resultado da partida foi infeliz e que poderia ter sido evitado.

O presidente ainda comentou a decisão de o Botafogo não liberar seu estádio para jogos do Flamengo. Eduardo Bandeira de Mello disse que este tipo de decisão cabe somente à Federação do Estado do Rio de Janeiro, a FERJ, e que depende dela a decisão de onde o Flamengo pode jogar ou não.

Na tarde de ontem, um grupo de torcedores sofreu um atentado nas imediações do Engenhão. Oito torcedores foram levados para o Hospital Salgado Filho, no Méier. Baleado no peito, Diego Silva dos Santos, de 28 anos, chegou ao hospital em estado grave e não resistiu. Outros dois seguem internados: um em estado grave e o outro um pouco melhor após passar por uma cirurgia, ambos em condições estáveis.



Estudante de Biblioteconomia na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e colaborador pleno do Torcedores.com desde fevereiro de 2017.