DESTAQUE

Messi decide e Barcelona bate Atlético no Calderón

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Twitter FC Barcelona

Foi um jogo equilibrado, tenso, nervoso e com destaque para os dois goleiros, Oblak e Ter Stegen. Com isso, precisou aparecer o individualismo de Lionel Messi para decidir a partida e garantir a vitória do Barcelona pelo placar de 2×1 diante do Atlético de Madrid, em pleno estádio Vicente Calderón, em confronto da 24ª rodada do Campeonato Espanhol.

VEJA TAMBÉM:
ESPECIAL ÓSCAR: 14 FILMES QUE TÊM O FUTEBOL COMO FOCO

Mesmo com a derrota, o Atlético de Madrid se mantém na quarta colocação, lutando por uma das vagas para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa com 45 pontos conquistados. O Barcelona, por sua vez, assume a liderança provisória com 54 pontos, mas possui dois jogos a mais em relação ao vice-líder, o rival Real Madrid, que está com 52.

LEIA MAIS:
COM 2 GOLS DE AUBA, BORUSSIA VENCE FREIBURG FORA DE CASA

Goleiros são destaque no primeiro tempo

Aproveitando-se da má fase do Barcelona, os donos da casa se lançaram ao ataque e desperdiçaram duas boas chances logo de cara. Primeiro, Carrasco pegou mal na bola, depois, o zagueiro uruguaio Diego Godín finalizou para fora em cobrança de escanteio.

Tamanha era a pressão do Atlético, que Ter Stegen apareceu para fazer defesa brilhante em chute colocado de Griezmann. Em seguida, o francês teve a chance de marcar, mas preferiu tocar a Saul e viu o goleiro alemão voar e realizar a intervenção, evitando a abertura do marcador.

Os catalães responderam em duas outras oportunidades, e, desta vez, foi Oblak quem apareceu. Primeiro, fez a defesa em cobrança de falta de Messi, depois foi brilhante em cabeçada de Piqué, onde chegou a cair dentro do gol, mas manteve os braços esticados, evitando o tento.

NÃO PERCA:
TORCEDORES DETONAM DEMISSÃO DE RANIERI NAS REDES SOCIAIS

Lionel Messi decide!

O panorama pouco mudou no início da segunda etapa. A equipe visitante quase abriu o placar em jogada rápida do trio MSN, iniciada por Messi, passando por Neymar e chegando em Suárez. O uruguaio, porém, chutou errado e desperdiçou. Os Colchoneros responderam com Griezmann, que voltou a parar em defesa de Ter Stegen. Os goleiros brilhavam no estádio Vicente Calderón!

A partida era movimentada e os dois times se revezavam nos ataques, sempre desperdiçando boas chances de inaugurar o placar. Até que aos 18 minutos, depois de duas rebatidas na defesa Colchonera em chutes de Luis Suárez e Neymar, a bola se ofereceu para Rafinha Alcântara bater cruzado e vencer Oblak, abrindo a contagem do marcador para o Barcelona, 1×0.

Só que os catalães comemoraram apenas alguns minutos. Em cobrança de falta fechada pelo lado esquerdo, realizada por Koke, Diego Godín apareceu na primeira trave e resvalou de cabeça, sem qualquer chance de defesa para Ter Stegen, deixando tudo igual novamente.

E o empate parecia persistir, mas aos 41 minutos, Suárez recebeu dentro da área e deixou para Messi. O argentino precisou bater duas vezes (uma delas explodiu em Savic) para conseguir colocar a redonda no fundo das redes, garantindo a vitória do Barcelona em pleno estádio Vicente Calderón por 2×1. O Atlético quase voltou a empatar, mas Piqué conseguiu corte providencial antes da batida de Fernando Torres, assegurando o resultado.

E MAIS:
GOLEIRO DO LEICESTER REVELA DESPEDIDA DE RANIERI: “AQUILO O MACHUCOU”

Próximos Jogos

O Atlético de Madrid volta a campo na próxima quinta-feira (02), em duelo válido pelo Campeonato Espanhol, os comandados de Diego Simeone encaram o Deportivo La Coruña, no estádio Riazor, às 16h45 (de Brasília). Um dia antes, às 15h30, no estádio do Camp Nou, o Barcelona mede forças contra o Sporting Gijón.