Jogadores protagonizam pancadaria em treino do Boca Juniors

Reprodução

Os zagueiros Juan Manuel Insaurralde e Jonathan Silva protagonizaram cenas lamentáveis durante o treino do Boca Juniors na manhã desta terça-feira (14). Ambos tiveram uma briga com direito a socos e precisaram ser contidos por outros companheiros, sendo em seguida expulsos pelo técnico Guillermo Schelotto, o qual ficou bastante irritado com a situação.

Segundo informações do jornal argentino Olé, os dois jogadores continuaram a briga nos vestiários. A confusão ocorre justamente em um momento no qual o Boca perdeu amistoso no último final de semana contra o modesto Aldosivi, além de não ter conquistado vaga em nenhuma das duas competições sul-americanas deste ano.

LEIA MAIS:
FUNDADO EM 2008, DEPORTIVO CAPIATÁ VEM FAZENDO HISTÓRIA NA LIBERTADORES; VEJA CURIOSIDADES

Quando os ânimos já estavam apaziguados, Insaurralde e Jonathan Silva deram entrevista coletiva na sala de imprensa do clube e o primeiro revelou que pediu desculpas ao companheiro. “Gostaria de pedir desculpas ao Jony, aos meus companheiros, ao corpo técnico, a todos no clube. Não fiquei bem com o que fiz. Não é oportuno, pois estamos em um clima bom, treinando bem e aconteceu isso. Não vai voltar a se repetir, não há nada. Estamos bem no vestiário, pedi desculpas a ele e amanhã falaremos com o elenco”, revelou Insaurralde.

O Boca Juniors ainda não se pronunciou sobre possíveis punições aos defensores envolvidos na briga. Essa é a segunda polêmica envolvendo jogadores desde que Guillermo Schelotto assumiu o clube Xeneize como treinador. Antes, o polêmico Pablo Osvaldo bateu boca com o comandante após acender um cigarro no vestiário, fato que culminou na saída do atacante.

Confira imagens da briga entre Insaurralde e Jonathan Silva: