Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Borja pode ser o 7º colombiano a vestir a camisa do Palmeiras; relembre os outros

O atacante Borja, que atuou pelo Atlético Nacional no ano passado, está cada vez mais próximo do Palmeiras, e deve se juntar a outros seis colombianos na história que já atuaram pelo alviverde.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: Getty Images

Um dos destaques da Libertadores de 2016, o atacante está muito próximo de ser anunciado oficialmente como novo jogador do atual campeão brasileiro e reforçar ainda mais a equipe comandada por Eduardo Baptista.

LEIA MAIS:
Jornal italiano compara Gabigol com Gabriel Jesus e exalta es-palmeirense

Por isso, se confirmada a negociação, o jogador colombiano se juntará a outros seis atletas da mesma nacionalidade que passaram pela história do Palmeiras, uns com sucesso, outros nem tanto. Vamos a lista:

Wilmer Lozano: o atleta chegou no ano de 1995, em contratação junto ao América de Cali. Teve uma passagem curta, de apenas um ano, acumulou 19 partidas e marcou dois gols.

Freddy Rincón: chegou depois de ter um grande destaque pela seleção da Colômbia nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 1994. Ganhou status de grande jogador em seu país e chegou ao Palmeiras da Parmalat, em 1993. Depois de ganhar o Paulistão em 1994, saiu para o Napoli e teve passagem no Real Madrid. Ainda voltou a jogar pelo alviverde em 1996, mas no ano seguinte foi para o rival Corinthians, onde também construiu uma bela história.

Faustino Asprilla: depois de ótimo desempenho dentro de campo na década de 90, onde atuou na Itália e na Inglaterra, o jogador chegou ao clube da Barra Funda em 1999, após o título da Libertadores. Surgiu como reforço para a disputa do Mundial daquele ano, contra o Manchester United. Apesar de não conquistar o sonhado título, se manteve na equipe até o ano seguinte, quando foi para o Fluminense. O jogador marcou 20 gols pelo clube.

Dario Muñoz: chegou no Palmeiras em 2001, e foi o colombiano com mais tempo de clube até hoje, saindo apenas em 2006, marcando 32 gols e fazendo 132 jogos. Apesar de ter sido um dos principais jogadores e ter conquistado a torcida palmeirense, ganhou apelido de “pé torto” pelas finalizações ruins.

Pablo Armero: foi contratado pelo Verdão em 2008 para reforçar a equipe na Libertadores daquele ano. Se destacou pela velocidade na lateral-esquerda e pelo carisma, principalmente pelas danças após marcar gols, que ficaram conhecidas como “Armeration”. Ficou no clube até 2010, quando foi vendido para a Udinese, da Itália.

Yerri Mina: destaque do Santa Fe, da Colômbia, o zagueiro chegou ao Palmeiras em 2016 como reforço para o setor defensivo. Fez um bom campeonato brasileiro ano passado e atualmente é titular absoluto da equipe.

As melhores notícias de esportes, direto para você