Futebol

Danilo se empolga com momento do Corinthians e avisa: “Quando encaixar, vai embora”

Publicado às

Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.

Crédito: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians - Danilo - Ainda permanece na equipe, porém ficou fora da temporada após uma lesão na tíbia em agosto deste ano

O meia Danilo está em fase final de recuperação das fraturas na tíbia e na fíbula da perna direita e, em breve, será mais uma opção do técnico Fábio Carille. Durante o primeiro dia de desfiles das escolas de Samba de São Paulo, o jogador afirmou à imprensa que vê o Corinthians “voando” assim que encaixar.

O clima é muito bom. Futebol não depende só de jogador, depende muito do treinador, e o Carille conhece todo mundo, acho que isso faz muita diferença. O grupo é bom, tenho certeza de que vamos brigar por muita coisa esse ano“, afirmou Danilo, ao lado da esposa, no Camarote Bar Brahma. “O tem peças de reposição à altura, com jogadores de qualidade. Quando encaixar, vai embora“, acrescentou.

LEIA MAIS
SHEIK POSTA FOTO AO LADO DE ANDRÉS SANCHEZ E TORCEDORES PEDEM SUA VOLTA AO CORINTHIANS
ARENA CORINTHIANS PROMOVE “ESQUENTA” COM TORCEDORES DO TIMÃO ANTES DE CLÁSSICO
MIRASSOL 2×3 CORINTHIANS: ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA

Afastado desde o dia 30 de agosto do ano passado dos gramados, o meio-campista treina em dois períodos no clube e projeta retorno aos gramados em abril.

Minha recuperação está boa, na parte final, uma lesão que é complicada, demorada, mas está boa. Se Deus quiser, em abril estou de volta. A princípio esse é o prazo, mas a gente sabe que essa lesão não é fácil, estou treinando em dois períodos todo dia para voltar em abril. Isso faz parte, fiquei parado quatro meses. Estou confiante, tem que matar um leão por dia e recuperar o tempo perdido. Futebol é assim, espero voltar em abril bem“, disse.

Danilo chegou ao Timão em 2010, e desde então já atuou em 336 jogos, marcando 33 gols. Teve grande participação nos títulos da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012, além de contribuir para a conquista de dois Campeonatos Brasileiros (2011 e 2015) e títulos do Paulistão e da Recopa Sul-Americana. aos 37 anos, o jogador tem vínculo com o alvinegro até dezembro de 2017.