DESTAQUE

Demissão do gerente de futebol irrita elenco santista

Publicado às

Amante da NBA e do futebol, informo e opino da maneira mais descontraída possível. Curso Educação Física na FESB, e sonho trabalhar no Santos FC.

Crédito: Matheus Ribeiro (esq) e Sérgio Dimas (dir). (Foto: Ivan Sorti / Santos FC).

Na última sexta-feira (10), o Santos anunciou o desligamento de Sérgio Dimas, ex-gerente de futebol do clube. Querido por jogadores e comissão técnica, a decisão não foi bem recebida e os irritou.

No alvinegro desde 2013, Dimas era supervisor do time profissional, sendo promovido à gerente de futebol em 2015. Responsável pela logística nos jogos fora da Vila Belmiro, o gerente participava das contratações junto ao superintendente Dagoberto dos Santos e era uma espécie de elo entre a diretoria e a comissão técnica, além dos jogadores.

Segundo os jornalistas Russel Dias e Aldo Neto, a demissão também se deu por Dimas ter supostamente esquecido de inscrever o Santos na Libertadores. O clube participará da edição deste ano normalmente.

Veja mais:
Vanderlei sofre fratura em treino e desfalcará o Santos
Santos encara Red Bull embalado de 16 vitórias seguidas no Pacaembu; Veja lista
Red Bull x Santos: Sem Vanderlei e com reforços, veja os relacionados do peixe

Após o treino de ontem, em que o goleiro Vanderlei saiu lesionado, o clima piorou com os jogadores descobrindo a demissão de Dimas. Junto à Ricardo Oliveira, que treina separadamente devido à uma caxumba já curada, integrantes da comissão técnica e alguns titulares foram até a diretoria cobrar uma explicação. O presidente Modesto Roma Jr descartou a hipótese de voltar atrás, e afirmou que buscará um novo funcionário.

Alexandre Ceolin, analista de desempenho recém chegado do Atlético-MG, assume o cargo interinamente. O nome de Thiago Scuro, diretor de futebol ex-Cruzeiro que foi contrariado publicamente pelo presidente ao anunciar a demissão de Duvier Riascos após polêmica, foi cogitado. Scuro está no Red Bull, próximo adversário do Peixe, e tem sua vinda considerada difícil pela cúpula alvinegra.