DESTAQUE

Como os destaques da Copinha estão sendo aproveitados no São Paulo

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito da imagem: Igor Amorim/saopaulofc.net

Rogério Ceni é formado nas categorias de base do São Paulo, clube no qual se tornou profissional e agora atua como técnico.

Os jogadores das categorias de base do São Paulo possuem um Centro de Treinamento específico localizado na região de Cotia, região metropolitana da cidade. Dentre eles estão 25 jogadores que jogam pelo time sub-20 comandado por André Jardine. O grupo disputou a Copinha em janeiro e foi eliminado pela Chapecoense na segunda fase.

Destaque da base em 2016, o meio-campista Shaylon sequer disputou o torneio porque foi convocado por Rogério Ceni para compor o elenco profissional. Os demais seguem aguardando por chances ao lado de jovens que começaram no clube. Dos 28 inscritos no Paulistão há pelo menos oito da base (Breno, Lucão, Rodrigo Caio, Araruna, João Schmidt, Lucas Fernandes, Shaylon e Luiz Araújo).

Camisa 10 do time de Jardine, o meio-campista Frizzo terminou a Copinha como artilheiro do São Paulo, com quatro gols. O principal goleador foi Moisés, do campeão Corinthians, com 11 gols.

O elenco que jogou a Copinha ganhou férias e se reapresentou nesta semana, então ainda não se sabe ao certo se algum atleta irá treinar com os profissionais no CT da Barra Funda.

Os jogadores da base inscritos na Copinha 2017 são:
Goleiros – Lucas Paes, Junior e Lucas Gomes
Laterais – Liziero, Jeferson e Tom
Zagueiros – Rony, Neves e Rodrigo
Meio-campistas – Militão, Pedro Augusto, Vinicius, Luan, Luizão, Frizzo, Paulinho e Oliveira
Atacantes – Matheus Lu, Heron, Caíque, Paulo Boia, Léo Natel, Geovane, Bissoli e Gabriel Novaes