Futebol

Dudu compara estilos de jogo de Cuca e Eduardo Baptista no Palmeiras

Publicado às

Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.

Palmeiras

Foto: Dudu Palmeiras

Crédito: Foto: Reprodução/Youtube

Após um grande ano em 2016, que culminou na conquista do eneacampeonato brasileiro, o Palmeiras iniciou 2017 com um novo treinador e, consequentemente, novos esquema e estilo de jogo. No entanto, as primeiras partidas de Eduardo Baptista e seu 4-1-4-1 tem deixado os torcedores alviverdes com saudades de Cuca.

Apesar das mudanças e da primeira derrota na temporada logo no segundo jogo oficial do ano, contra o Ituano, em Itu, o capitão do time, Dudu, afirmou que Eduardo Baptista é um “excelente treinador” e apontou diferenças nos estilos dos dois técnicos.

LEIA MAIS:

DUDU PEDE PACIÊNCIA COM EDUARDO BAPTISTA E AFIRMA: “DEVEMOS ESQUECER O CUCA”

GABRIEL JESUS DEIXA AGUERO NO BANCO DE NOVO E É MAIS UMA VEZ TITULAR DO MANCHESTER CITY

“Mudamos o estilo de jogar. Estamos nos adaptando ao estilo de jogo do treinador, aquilo que ele pede, que ele vem fazendo. Temos de dar tempo. São só dois jogos, temos tudo para melhorar. Durante o ano, esperamos fazer o que ele pede, se adaptar ao esquema que ele propôs”, comentou o camisa 7, em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, 13.

A principal mudança na filosofia do time, de acordo com o atacante, é no momento de atacar, visto que Eduardo Baptista prefere por adotar um estilo mais cadenciado.

“Com o Cuca éramos mais agressivos, tínhamos jogadas para frente, o Eduardo gosta da posse de bola, do time controlando o jogo bem. Estamos controlando, tivemos algumas chances contra o Ituano, contra a Ponte, Botafogo, mas não fizemos aquela partida que o torcedor espera. Esperamos que nas próximas possamos fazer uma partida melhor”.

Dudu afirmou entender que pela quantidade e qualidade de reforços o torcedor está ansioso para ver a equipe jogando bem e vencendo as partidas, mas garantiu que o grupo está tranquilo e trabalhando para se adaptar ao estilo do novo treinador.

“O torcedor tem de entender que ano passado tínhamos um estilo de jogar diferente. Chega um novo treinador, muda do estilo do Cuca para o Eduardo. Eles têm de ter paciência, tranquilidade. Sabemos que eles não têm, pela expectativa que se está criando, pelas contratações, querem resultado imediato, mas estamos tranquilos”.

Garantindo confiança no novo treinador e pedindo paciência para a torcida, Dudu lembrou o início da era Cuca, que ganhou crédito por conta do mau momento vivido pela equipe na época.

“Quando o Cuca chegou, tínhamos sido campeões da Copa do Brasil, mas não estávamos bem na Libertadores, ajudou a torcida a ter paciência. Agora viemos de um título brasileira, time jogando bem, jogadores na seleção do campeonato… A torcida se apega muito a isso. Eles têm de ter paciência com o Eduardo, que é excelente treinador e não está no Palmeiras à toa”.