DESTAQUE

Edmundo, Zé Elias e PVC falaram sobre Eduardo Baptista após revés do Palmeiras; assista

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Crédito: Montagem: fotos de divulgação

Só foi o Palmeiras sofrer a primeira derrota da temporada para as críticas públicas chegarem a Eduardo Baptista. Após o revés para o Ituano, no último domingo, pelo Campeonato Paulista, o treinador do Verdão foi bombardeado por parte da torcida nas redes sociais e até outras centenas no próprio estádio Novelli Júnior, que pediam o retorno de Cuca. Se torcedores pensam assim, o que os comentaristas falaram então?

LEIA TAMBÉM:
Torcida do Palmeiras culpa Eduardo Baptista por derrota e pede Cuca de volta na web
Paulistão: veja a classificação do Palmeiras após a derrota para o Ituano

No programa “A Última Palavra”, do Fox Sports, o ex-jogador Edmundo e o jornalista Paulo Vinícius Coelho debateram sobre a postura de Baptista na área técnica e também sobre a desconfiança do torcedor com o novo técnico do Palmeiras.

“Você pega jogos contra Botafogo-SP e Ituano e não consegue produzir, imagina quando você pegar os grandes times… Acho que essa é a grande discussão. Eu não sou a favor de mandar (Eduardo Baptista) embora, mas sou a favor de o treinador ter mais pulso, mais firmeza nas suas palavras. Eu adoro o Eduardo Baptista e acho ele um técnico promissor, mas hoje teve um fato. Ele tirou o Edu Dracena e ele saiu reclamando. Daí o Eduardo contornou. Na semana passada o time teve problema, ele contornou. Problema em time grande tem que ser resolvido na raiz”, disse Edmundo.

“Lembro de você em duas situações de técnicos, um com tamanho maior e outro com tamanho menor. Nas duas, você peitou. Você saiu, quando era o Luxemburgo, mostrando o dedo do meio em riste no Palmeiras x São Paulo de 1994, e saiu sem dar a mão para o Caio Júnior em 2006. Essa situação do Caio Júnior e do Eduardo Baptista hoje mostram que alguém dentro do elenco tem a mesma desconfiança que a opinião publica está manifestando nas redes sociais. Que não é justa nesse momento, é uma desconfiança injusta nesse momento. ‘Esse time aqui vai ser dirigido por esse técnico aqui?’, pensam. É injusta, mas é assim a cabeça do torcedor”, argumentou PVC.

Praticamente no mesmo horário, mas na ESPN Brasil, o ex-jogador Zé Elias criticou a falta de versatilidade tática do treinador. Para o hoje comentarista, Eduardo ainda não entendeu que está em um time da magnitude do Palmeiras.

“O Eduardo está tentando encontrar o melhor posicionamento para os jogadores que chegaram, mas ele segue insistindo no (atacante) Róger Guedes. Eu puxaria o Willian para o lado, e o Alecsandro na frente. Daria mais mobilidade para essa equipe. Ele tem varias opções para poder movimentar o time. Hoje tipicamente ele não tirou a camisa da Ponte Preta”, opinou Zé Elias.

Assista ao debate dos canais Fox Sports:

CAMISAS DO PALMEIRAS: