DESTAQUE

Adeus 4-1-4-1? Eduardo Baptista explica mudanças no esquema do Palmeiras

Publicado às

Estudante do 9º semestre de jornalismo e amante dos esportes, principalmente o bom e velho futebol. Setorista de Atlético-MG e Futebol Feminino.

Moisés Eduardo Baptista

Crédito: Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Depois de ser derrotado no Dérbi pelo Corinthians, na última quarta-feira, e receber muitas críticas, o Palmeiras deu uma boa resposta ao seu torcedor e, atuando no Allianz Parque, não tomou conhecimento da Ferroviária e goleou por 4×1. A principal mudança que o torcedor alviverde pode notar na partida foi no esquema tático da equipe, que jogou de maneira diferente do que vinha atuando.

Adepto do 4-1-4-1, esquema que tenta implantar no Palmeiras desde o início de 2017 – o que tem gerado muitas reclamações do torcedor, que demonstra preferir a tática que deu certo com Cuca em 2016 -, Eduardo Baptista resolveu mudar e viu seu time atuando bem e convencendo.

LEIA MAIS:

BAPTISTA ELOGIA ESTREIA DE BORJA E COMEMORA SEMANA LIVRE PARA TREINOS

De acordo com o treinador, que pode contar apenas com um volante de origem (Thiago Santos) e escalou Zé Roberto no meio campo, o Palmeiras utilizou dois esquemas táticos diferentes, um para defender e outro para atacar. O camisa 7 Dudu, que acabou não balançando as redes – os gols foram marcados por Keno, Michel Bastos, Róger Guedes e o estreante Borja -, teve sua atuação elogiada por Eduardo Baptista.

“A equipe como um todo foi muito bem hoje. Começamos a marcar em um 4-4-2 e jogávamos no 4-2-3-1. O Dudu foi um nome importante. No primeiro tempo, desarticulou a defesa da Ferroviária e isso abriu os espaços que a gente queria, com até o próprio Dudu chegando à frente do gol”, explicou o comandante.

Apesar do pouco tempo que teve para ajustar o esquema tático e passar os novos conceitos de jogo para os atletas, Eduardo Baptista analisou que o grupo entendeu o recado e conseguiu realizar tudo o que foi combinado no último treinamento.

“Atingimos o objetivo que era ganhar. Ganhar com tranquilidade, jogando um bom futebol e a gente fica contente que tivemos 15 minutos para montar isso ontem – já vinha treinando há algum tempo -, mas, com essa formação, tivemos 15 minutos para ajustar, a gente estava com os jogadores ainda desgastados, mas eles entenderam bem e fizeram a risca o que nós combinamos”.

Com a vitória, o Verdão chegou aos 12 pontos em cinco jogos e lidera com sobras o Grupo C da competição, com 5 pontos a mais que o Novorizontino, que enfrenta o São Paulo, neste sábado.

A próxima partida da equipe será na sexta-feira, dia 03, contra o Red Bull Brasil. A partida, que vai acontecer no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, está marcada para às 21h05min.

Na outra quarta-feira, dia 08, o confronto do Palmeiras é pela Libertadores, contra o Atlético Tucumán, na Argentina.