Futebol

Eduardo Baptista sobre Felipe Melo: “É sempre um cara leal”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Palmeiras

Crédito: Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação

O volante Felipe Melo chegou ao Palmeiras no início do ano como centro das atenções, principalmente após a polêmica entrevista coletiva que deu durante sua apresentação. Considerado um jogador violento, o volante foi muito elogiado pelo técnico Eduardo Baptista. Em entrevista para o jornal Folha de S.Paulo, o comandante do Verdão falou sobre a relação com o seu camisa 30.

LEIA MAIS:
Multa rescisória para tirar Borja do Palmeiras é seis vezes maior que o valor investido

“Dentro do vestiário ele é importantíssimo. Jogando também é importantíssimo. Converso bastante com ele até por conta da experiência que ele tem no futebol europeu, que é um futebol que eu gosto de ver. Ele foi bem na Europa. A gente troca uma ideia de alguma situação de como ele era cobrado lá. A gente procura alguma coisa diferente”, disse Baptista, que ainda destacou a importância do volante para os jogadores mais jovens. “É um cara que me ajuda, é companheiro, ajuda os meninos. Ele está sempre conversando com um jogador mais novo, orientando, brincando, cobrando em uma medida normal.”

O técnico do Verdão também falou sobre Felipe Melo ser considerado um jogador violento. “É um jogador viril, não gosta de perder, não dá espaço, mas é sempre um cara leal. A vibração dentro de campo é importante para a equipe e para a torcida. Se ele não ofender o adversário, para mim é importante. Se incomoda o adversário, não é problema meu”.

Felipe Melo retornou ao futebol brasileiro após 10 anos jogando da Europa, com passagens por clubes como Racing Santander e Almería, da Espanha, Fiorentina, Juventus e Internazionale, da Itália, e pelo Galatasaray, da Turquia. Além disso, o experiente volante de 33 anos teve uma boa passagem pela seleção brasileira, e chegou a disputar a Copa do Mundo de 2010.

Confira a entrevista com Eduardo Baptista na íntegra.