Futebol

Palmeiras confirma lesão na coxa e Fabiano desfalca time na Libertadores e Paulistão

Publicado às

Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.

Crédito: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Depois de perder Tchê Tchê por cerca de 40 dias depois de o volante machucar o ombro, agora o Palmeiras irá ter um desfalque importante para a lateral-direita. O lateral-direito Fabiano sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa direita durante a partida contra o Ituano, no último domingo, pelo Campeonato Paulista e deve ficar fora dos gramados por aproximadamente seis semanas.

LEIA TAMBÉM:
São Marcos não é embaixador do Palmeiras desde 2015; veja o motivo
PVC, Edmundo e Zé Elias falaram sobre Eduardo Baptista após derrota do Palmeiras; assista
Torcida do Palmeiras culpa Eduardo Baptista por derrota e pede Cuca de volta na web
Paulistão: veja a classificação do Palmeiras após a derrota para o Ituano

Fabiano entrou como titular contra o Ituano, mas em menos de 10 minutos em campo, acusou a dor na região e precisou ser substituído. O técnico Eduardo Baptista colocou o volante Thiago Santos em seu lugar, o que causou reclamação por grande parte da torcida palmeirense, já que o time já tinha Felipe Melo em campo.

Por ficar mais de um mês parado, certamente Fabiano deve perder o restante da primeira fase do Paulistão e ainda os primeiros jogos do time na Libertadores da América. O Verdão estreia no torneio sul-americano no dia 8 de março, fora de casa, contra o vencedor de Junior Barranquilla (COL) e Deportivo Capiatá (PAR).

Dessa maneira, Jean deverá ser fixado como ala direito, já que, no elenco, Baptista não tem mais opções para o Paulistão. O jovem João Pedro, promovido das categorias de base, foi emprestado para a Chapecoense e Lucas Taylor hoje defende o Red Bull no Estadual.

No ano passado, Fabiano fez uma ótima reta final de Campeonato Brasileiro e ainda marcou o gol do título em jogo contra a Chapecoense. Tudo isso fez com que a Crefisa comprasse 40% do seu passe junto ao Cruzeiro, sua ex-equipe por 2 milhões de euros (cerca de R$ 6,7 milhões) e ainda o Verdão ganhou o atacante Willian Bigode de empréstimo por um ano.