DESTAQUE

Técnico do Fluminense admite: “Flamengo é favorito no Fla-Flu”

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Abel Braga

Crédito: Crédito da imagem: NELSON PEREZ/FLUMINENSE F.C.

O técnico Abel Braga terá no domingo (5) mais um clássico desde a volta para o Fluminense: o Fla-Flu. O jogo diante do Flamengo decide a Taça Guanabara

.

“Domingo é ferro. Dos dois lados. Se for Vasco, é igual. Se for Flamengo, antes do jogo, eles são favoritos. Fla-Flu vai ser um jogo bom. O time deles é melhor. Joga um ano junto, mesmo treinador. Agora, meu time não será o que foi hoje. Vamos dentro. Hoje não jogamos pelo regulamento. Agora, jogamos com o regulamento”, analisou Abel Braga na entrevista coletiva após o empate sem gols diante do Madureira na semifinal da Taça Guanabara.

LEIA MAIS:
Fluminense perde titular para final contra o Flamengo
Scarpa sofre falta dura, deixa o campo e assusta torcida do Flu; veja o lance

Antes do Fla-Flu, no entanto, o Fluminense terá pela frente o Sinop no Estádio Gigante do Norte, no interior do Mato Grosso, e o técnico descartou poupar titulares no jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil.

O Fla-Flu reúne os times de melhor campanha no Campeonato Carioca. O rubro-negro tem o melhor ataque (18 gols) e o tricolor a defesa menos vazada (nenhum gol sofrido em seis jogos). Os times lideraram os grupos e se classificaram para a decisão sem tomar gols na semifinal.

O local do Fla-Flu ainda será definido pela Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) devido à liminar que determina torcida única em clássicos. A intenção dos clubes é jogar no Estádio Nilton Santos, mas caso não haja acordo a decisão da Taça Guanabara pode acontecer fora do Rio de Janeiro. Em 2016, por exemplo, o clássico mais famoso do futebol carioca aconteceu no Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Flamengo e Fluminense ainda não se enfrentaram em 2017, mas os times já venceram os clássicos que disputaram neste ano. O rubro-negro fez 2 a 1 no Botafogo e o tricolor goleou o Vasco por 3 a 0. Ambos aconteceram no Estádio Nilton Santos antes da decisão judicial.