DESTAQUE

Após falta dura, Scarpa é substituído; saiba como está o camisa 10

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito da imagem: Reprodução TV

Um lance aos 43min do primeiro tempo diante do Madureira preocupou a torcida do Fluminense. Scarpa recebeu entrada de Douglas Lima e saiu no intervalo da semifinal.

ASSISTA À FALTA SOFRIDA POR GUSTAVO SCARPA:

O meio-campista do Fluminense recebeu atendimento médico dentro de campo e voltou para o jogo mancando, mas depois nem voltou para a etapa final. Ao sair de campo, Scarpa queixou-se de dores mas o técnico Abel Braga garante que ele está bem.

A torcida se revoltou com a jogada e internautas invadiram o instagram de Douglas Lima para criticar o jogador e chamá-lo de “covarde”.

“Scarpa foi pancada e para a final não tem preocupação. Não foi por ele que jogamos mal não. Wellington sentiu na quinta, ontem disse que não era nada. Ele sente púbis, é complicado, e por isso esteve abaixo”, explicou o técnico do Fluminense, que também trocou o camisa 11 por Richarlison na volta para o segundo tempo.

O Fluminense volta a campo na próxima quarta (1º), quando encara o Sinop-MT no Estádio Gigante do Norte, pela segunda fase da Copa do Brasil. Uma vitória classifica o time carioca e o empate leva a decisão para os pênaltis. Abel Braga deve escalar reservas, visto que no domingo (5) acontece o clássico diante do Flamengo pela final da Taça Guanabara. O local será definido pela Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro).

FICHA TÉCNICA – Fluminense x Madureira
Motivo: semifinal da Taça Guanabara (jogo único)
Local: Estádio Los Larios, em Duque de Caxias
Arbitragem: Rodrigo Carvalhães de Miranda, Michael Correia e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha
FLUMINENSE – Júlio César, Lucas, Henrique, Renato Chaves e Léo; Douglas Gomes, Orejuela, Sornoza e Gustavo Scarpa (Marquinho); Wellington Silva (Richarlison) e Henrique Dourado (Pierre). Técnico: Abel Braga.
MADUREIRA – Rafael Santos, Ruan, Diego Guerra, Jorge Felipe e Wellington Saci; Leandro Carvalho, Rezende, Douglas Lima (Esquerdinha) e Luciano Maninho (Jefferson Maranhão); Júlio César (Soares) e Souza. Técnico: PC Gusmão.