Jornal italiano compara Gabigol com Gabriel Jesus e exalta ex-Palmeiras: “destinos diferentes”

O jornal italiano La Gazzetta dello Sport publicou nesta segunda-feira (6) uma matéria comparando a situação de Gabigol, ex-Santos, com a de Gabriel Jesus atualmente.

Redação Torcedores
Textos publicados pela Redação do Torcedores.com.Contato: redacao@torcedores.com

Crédito: Foto: repodução/Globo

Os dois atacantes brasileiros surgiram como promessas nos clubes em que foram revelados. Ambos tiveram uma rápida ascensão e chamaram a atenção de todos com boas atuações no time principal, sem sentir muita diferença ou mudar o jeito de jogar que estavam acostumados na base.

LEIA MAIS:
Caso avance no Paulistão, Santos irá intercalar dois jogos da Liberta com decisões

No entanto, o ex-jogador do Santos, hoje na Inter de Milão, Gabriel Barbosa, mais conhecido como Gabigol, não conseguiu vingar, pelo menos por enquanto, fora do Brasil. Negociado com a Inter de Milão no meio de 2016, o atleta não apresentou o mesmo futebol que tinha no Peixe, e segue não tendo muitas oportunidades para isso.

Por outro lado, o ex-Palmeiras Gabriel Jesus já é destaque na Inglaterra, com três gols em três partidas disputadas, conquistando uma vaga de titular no time do Manchester City, comandado por de Pep Guardiola.

O jornal italiano destacou essa diferença em sua matéria, ressaltando os destinos diferentes dos dois brasileiros e os valores dos negócios: “A impressão hoje é que estamos falando de duas diferentes categorias de jogadores, mas há seis meses não era exatamente assim. Jesus foi comprado no início de agosto pelo valor de 32 milhões de euros, Barbosa priorizaou a Inter a uma proposta chinesa por 29 (incluindo bônus)”.

A Gazzeta dello Sport também comentou sobre  a diferença entre Gabigol e Jesus na seleção brasileira: “Dunga chamou (Gabigol), para participar da Copa América do Centenário: ele marcou um gol contra o Haiti. Jesus perdeu a Copa por não ter passaporte para os EUA (local do torneio.Gabriel Jesus vai para a Seleção, com Tite, e marcou duas vezes no início e tornar-se insubstituível, digno de ser parceiro de Neymar. Gabigol desaparece por um tempo, reaparece em Milão, e então nas arquibancadas surgem “não está pronto para o futebol italiano”. Jesus vem na Premier League, pronto, muito pronto: encontra um City em crise, em depressão e levantou quase sozinho. Impossível confundi-los, agora.”

CAMISAS DO FUTEBOL BRASILEIRO: