Futebol

Em entrevista, Júlio Baptista diz que nunca foi procurado pelo São Paulo para retornar ao clube

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Julio Baptista

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/Orlando City SC

Sem clube desde o fim do ano passado, o meia Júlio Baptista participou do programa ‘Aqui com Benja!’, na Fox Sports. Aos 35 anos, o meia falou ao apresentador sobre suas passagens pela Espanha, aposentadoria e respondeu à pergunta de muitos torcedores do São Paulo.

Depois de ser dispensado pelo Orlando City, time de Kaká nos EUA, Júlio Baptista ficou livre para negociar com qualquer clube. Esperança para o torcedor são-paulino? Não. Nem mesmo quando estava em destaque na Europa ele foi procurado pelo ex-clube.

LEIA MAIS:
NEILTON REVELA BRONCA DE NEYMAR E SONHO EUROPEU
LUCAS REVELA DESEJO DE UM DIA VOLTAR AO SÃO PAULO: “ESTÁ NO MEU CORAÇÃO”

“O São Paulo nunca me procurou, eu estava no Málaga e existia uma vontade do Cruzeiro de me levar, mas eu não queria sair. A gente nunca chegou a conversar de uma possível volta, seria legal, mas sou profissional, saí faz muito tempo, embora eu tenha um carinho muito grande, passei por todas as categorias inferiores do time”, afirmou.

De longe, Júlio acompanha o começo de temporada de seu ex-clube e, especificamente, do antigo companheiro Rogério Ceni na nova função. “Com o Rogério eu joguei bem no começo da trajetória dele. Sempre teve postura de líder, articulado, se comunica bem, consegue fazer os companheiros entenderem o que ele quer”, afirmou.

Com títulos na Espanha e bicampeonato Brasileiro pelo Cruzeiro, o meia ainda não pensa em aposentadoria. “Quero jogar mais um ou dois anos no máximo e terminar bem”, disse. Ele esteve no Real Madrid na época em que Vanderlei Luxemburgo assumiu o clube Merengue. Mais de dez anos depois, Júlio diz que a tentativa brusca de mudança de trabalho atrapalhou Luxa.

“Ele quis introduzir um modelo de trabalho de forma muito rápida no Real, isso você tem de fazer com o tempo, até mesmo porque lá já tem uma dinâmica, não dá para fazer assim”, conclui.