DESTAQUE

Luan critica marcação de pênalti que definiu a eliminação do Vasco

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Vasco

Crédito: Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

O Vasco foi eliminado da Taça Guanabara de 2017 com derrota para o Flamengo, por 1 a 0, neste sábado (25), em duelo disputado em Volta Redonda, no estádio Raulino de Oliveira, mas o revés não foi engolido pelos jogadores do cruzmaltino.

O gol que deu a vitória ao Flamengo foi marcado de pênalti pelo meia Diego, após o juiz marcar falta de Luan em Éverton dentro da área cruzmaltina.

LEIA MAIS:

FLAMENGO ELIMINA O CRUZMALTINO E TORCIDA RUBRO-NEGRA NÃO PERDOA; VEJA OS MEMES
EURICO FAZ PEDIDO ESPECIAL A LUIS FABIANO; CONFIRA

De acordo com Luan, Éverton já vinha caindo quando tocou no atacante flamenguista. “É difícil falar. Para mim, ele tropeçou na minha perna e já veio caindo”, desabafou o zagueiro, que ainda criticou o árbitro Leonardo Garcia Cavaleiro pelo cartão amarelo que recebeu ainda no começo da partida.

“No lance do meu cartão, que eu nem lembro com quantos minutos foi, eu fui na bola contra o Guerrero, roubei a bola e ele [árbitro] me deu cartão. Quem é zagueiro sabe que se você toma cartão no começo do jogo, fica difícil marcar. Esse clássico é decidido no detalhe e acho que o detalhe do juiz atrapalhou nossa vitória”, disse Luan.

Alento

Apesar da derrota e eliminação na Taça Guanabara, a atuação mostrada pelo Vasco foi bem diferente da estreia do clube na competição, derrota para o Fluminense, por 3 a 0, e os jogadores comemoraram a reação.

“É aquela história… quando não dá na técnica, tem que ir na raça. Pegar o que aconteceu hoje de aprendizado. Quem viu aquele Vasco contra o Fluminense, comparando com o que viu hoje, presenciou um novo time hoje. Continuar evoluindo agora”, afirmou o volante Jean, contratado nesta temporada.

Próximo compromisso

O Vasco retorna a campo já na Quarta-feira de Cinzas (1º) em duelo pela segunda fase da Copa do Brasil, contra o Vila Nova-GO, eno estádio Serra Dourada, em Goiânia.