DESTAQUE

Medalhista olímpica muçulmana dos EUA é detida em aeroporto pela lei de imigração de Trump

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Facebook pessoal

A nova lei de imigração sancionada pelo presidente Donald Trump atingiu seu primeiro medalhista olímpico: trata-se da muçulmana e atleta da esgrima, nos jogos olímpicos do Rio, Ibtihaj Muhammad. A atleta, que é norte-americana e medalhista de bronze, foi detida na última quinta-feira, em um aeroporto do próprio Estados Unidos.  Muhammad foi a primeira atleta dos EUA a ir a um pódio olímpico usando o  hijab – uma vestimenta da cultura islâmica, que cobre a cabeça.

A medalhista olímpica prestou depoimento aos agentes federais, por duas horas, sem maiores explicações por parte das autoridades.

LEIA MAISDEPOIS DE MENOS 1 ANO PARADO, CÉSAR CIELO VOLTARÁ A COMPETIR

“Fiquei triste, desanimada e decepcionada, mas reitero que se deve ser forte. Devo encontrar forças e representar quem não consegue encontrar a mesma força”, disse Ibtihaj.

A lei de imigração de Donald Trump restringe o acesso de cidadãos de sete países de maioria muçulmana e a medida anti-imigração já foi alvo de protestos e liminares para tentar derrubá-la, nas últimas semanas. Com informações do site da ESPN.