Futebol

Moisés se impressiona com gratidão mostrada pela torcida do Palmeiras

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Palmeiras

Crédito: Reprodução/Facebook

Um dos principais destaques da conquista do Campeonato Brasileiro do ano passado pelo Palmeiras, para muitos o maior, o meio-campista Moisés revelou que ficou impressionado com o carinho e com a gratidão mostrada pelos palmeirenses quando estava de férias após o excelente ano com a camisa alviverde.

Aos 28 anos, o novo camisa 10 do Verdão falou em entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta quarta-feira (15), véspera do jogo contra o São Bernardo, no Allianz Parque, pela terceira rodada do Campeonato Paulista, e deu sua visão sobre as pessoas que o empurram das arquibancadas e de onde for para ajudar na s vitórias do Palmeiras.

LEIA MAIS:

THIAGO MARTINS TREINA IMPROVISADO NA LATERAL E LEVA “CUTUCADA” DE COLEGA
MERCADO DA BOLA: VERDÃO DISPENSA QUATRO JOGADORES
CLIMA ESQUENTOU NO JOGO-TREINO ENTRE VERDÃO E NACIONAL; ASSISTA
MOISÉS REVELA SE VAI VOLTAR AO TIME CONTRA O SÃO BERNARDO

Vim passar um período das férias em São Paulo. Em Minas, por me conhecerem, todos queriam tirar foto. Quando vim para o interior de São Paulo, a gratidão do palmeirense me impressionou. Isso dá força, vê as pessoas te agradecendo“, disse o jogador.

Ao mesmo tempo em que fico feliz, me cobro para voltar da mesma forma, para tentar mais títulos importantes. Há muito tempo o Palmeiras não ganha o Paulista, tem esse objetivo também. Fiquei muito feliz e, ao mesmo tempo, já me cobrando para que o ano de 2017 seja tão bom quanto em 2016“, completou Moisés.

Renovação contratual

Para a alegria da torcida do Palmeiras, Moisés renovou recentemente seu contrato com o Verdão até dezembro de 2020 (o anterior terminava em dezembro deste ano). E o atleta já quer jogar diante do São Bernardo e pede calma quanto às atuações do time neste início de ano.

O que eu mais quero é entrar em campo e poder ajudar. A gente fica de fora, é difícil. Não é fácil ficar fora. Não é que o Moisés está fora, é que o time não ganhou. Como perdeu, quem está fora sempre é o melhor. Não tem nada disso. Somos um grupo. Pés no chão, humildade, vamos trabalhar. Sabemos como é a pressão externa aqui no Palmeiras“, completou.