Futebol

Opinião: Nice desperdiçou a chance de fazer história

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Foto: Facebook Oficial/Falcão Garcia

Foto: Foto: Facebook Oficial/Falcão Garcia

Crédito: Foto: Facebook Oficial/Falcão Garcia

O Campeonato Francês se encontra na 25ª rodada, ou seja, já está no 2° turno. O atual líder é o Mônaco, com 58 pontos, em 2°, o atual Campeão Francês, o Paris Saint-Germain, com 55 pontos. O terceiro colocado é o Nice, que já liderou a competição com grande folga, chegando a ter nove pontos de vantagem sobre o 2° colocado. O time de Balotelli amargura uma grande campanha, passível de marcar história e quebrar um jejum de 57 anos.

 LEIA MAIS: Meia do Nice critica Balotelli: “Não quer nada com a gente”

Entretanto, o PSG ganhou a Liga Francesa nas últimas quatro temporadas e o último título da equipe de Falcão Garcia foi na temporada 1999-2000. Derrubar dois clubes fortes como estes não é uma tarefa fácil. Pelo contrário, exige muito trabalho e comprometimento, sobretudo quando se está na liderança, ter muito foco e não deixar a equipe se dispersar. O que, ao que aparenta, o Nice não conseguiu fazer: manter o foco. O projeto é ambicioso e teve êxito no começo, mas entre muitas contratações (20), como a de Balotelli e Dante, e entrosamento, é necessário mais do que um ano para se obter resultados.

Além da lesão que Balotelli sofreu, a equipe perdeu o jogador por irresponsabilidade, mesmo em partidas que aparentava ser decisivo e acaba expulso, como contra o Lorient, ficando de fora da partida seguinte. Na última rodada, PSG derrotou o Bordeaux por 3 a 0, o Mônaco ganhou de 5 a 0 do Metz e o Nice empatou em 2 a 2 com o Rennes.

Agora, para conseguir quebrar o jejum de quase seis décadas, o time briga contra uma desvantagem de 5 pontos, sabendo que vai enfrentar o PSG em abril, que busca seu 5° título consecutivo na Ligue 1. A equipe corre contra o tempo, já que restam apenas 13 rodadas para o fim da competição. Além do AS Mônaco liderar com folga, há o time da capital. A equipe comandada por Unai Emery está em ascensão e começa a convencer a torcida, que já não lembra mais de Laurent Blanc e Ibrahimovic. Por fim, Edinson Cavani: o uruguaio é o maior artilheiro da Europa na atual temporada, atingindo a incrível marca de 25 gols em 25 partidas.

O Nice teve a grande chance de fazer história, “ser” o Leicester City da França, mas não conseguiu se manter no topo. O time não deve mais conseguir alcançar a liderança!