DESTAQUE

OPINIÃO: Péssima campanha atual exalta ainda mais título inglês do Leicester

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Leicester

Que campanha vexatória faz o Leicester nesta temporada! São incríveis 14 derrotas em 25 jogos, e apenas cinco vitórias, nenhuma delas fora do King Power Stadium. O terceiro melhor ataque no último Campeonato Inglês com média de 1,78 gols por jogo, atualmente não possui média sequer de um por partida. Já foram 41 tentos sofridos contra 36 anteriormente. A consequência disso é o 17º lugar, à beira da zona de rebaixamento. 

Tais estatísticas servem também como parâmetro para exaltar o feito do Leicester na última temporada, quando a equipe foi campeã inglesa contrariando todas as expectativas. Quem diria que os Foxes, candidatíssimos ao rebaixamento desbancariam os pesados investimentos dos grandes e ficariam com a taça? Pelos acontecimentos atuais, dificilmente veremos algo do tipo novamente.

LEIA MAIS:
LIVERPOOL X TOTTENHAM: ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA

A verdade é que o “conto de fadas” se transformou em verdadeiro “pesadelo”. Isso pode ser explicado em alguns pontos, como a saída de Kanté. O volante era responsável pela proteção aos zagueiros, um marcador incansável que fazia desarmes como ninguém. Porém, a transferência ao Chelsea e a falta de um substituto à altura fizeram o Leicester perder peça fundamental no elenco e não conseguiram repor.

Outro fator é a temporada abaixo do esperado de duas estrelas, que fizeram um último campeonato inglês espetacular. Trata-se de Vardy e Mahrez. O inglês, artilheiro com 24 gols em 2015/2016, média de 0,63 por partida, só balançou as redes em cinco oportunidades, média de 0,2; já o argelino, chegou a ser barrado pelo técnico Cláudio Ranieri e tem tido desempenho bem abaixo do esperado.

Além disso, o título parece ter feito os Foxes se iludirem. A taça fez o time acreditar que eram necessárias poucas contratações para conciliar Campeonato Inglês, Liga dos Campeões e as copas nacionais. Com isso, os nomes trazidos não têm tido boas atuações e despontam como investimentos mal feitos.

Portanto, o rebaixamento passa a ser algo bastante real para o Leicester. Cair justamente na temporada seguinte ao enorme feito seria vergonhoso e ao mesmo tempo aumentaria ainda mais o feito de ter ficado com a taça em 2015/2016, pois uma equipe que teria elenco para o descenso, ficou justamente com o título. É preciso que Cláudio Ranieri tente mudar o astral dos atletas, que estão visivelmente abatidos.