DESTAQUE

Palmeiras poderia inscrever Borja no Paulistão mesmo com lista já fechada; entenda

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Palmeiras Borja

Crédito: Foto: Getty Images

Com a inscrição do meia Alejandro Guerra na última terça-feira (7), o Palmeiras fechou sua lista de 28 jogadores inscritos para a disputa do Campeonato Paulista 2017. Porém, uma brecha no regulamento da competição permite que outros jogadores como o atacante Miguel Borja, na mira do clube e que pode ser anunciado a qualquer momento, possam integrar essa lista ainda na primeira fase.

O regulamento do Paulistão prevê que até quatro novos jogadores possam ser inscritos, com a saída de outros quatro, a partir da segunda fase (quartas de final). Porém, na primeira fase também existe a possibilidade de troca em caso de lesão.

LEIA MAIS:

BAPTISTA SOBRE RODÍZIO NO VERDÃO: “GOLEIRO E ZAGUEIRO NÃO”
BAPTISTA REVELA QUE PARTICIPOU DE CONTRATAÇÕES DO VERDÃO E INDICOU DOIS ATLETAS

Para isso, o departamento médico do Palmeiras deveria comprovar que um jogador está lesionado até o fim do Paulistão enviando um laudo médico à entidade. Pode ser o caso do meio-campista Tchê Tchê, que se machucou na estreia do Verdão no torneio – vitória sobre o Botafogo-SP, por 1 a 0 – e, inicialmente, só voltará aos treinamentos no período de seis semanas. Neste caso, Borja poderia ser inscrito.

Tchê Tchê ficaria de fora?

A pergunta que vem à tona é: mas neste caso o Tchê Tchê ficaria de fora da competição?

A resposta é não. O atleta, um dos maiores destaques na conquista do Brasileirão, poderia voltar ainda na primeira fase, neste caso, somente se outro jogador tivesse uma lesão comprovada, ou então a partir da segunda fase, quando poderão ser inscritos outros quatro jogadores.

Negociação com Borja

Palmeiras e Atlético Nacional têm negociação avançada pela contratação do jogador colombiano de 24 anos. O único impasse é o valor a ser pago e a porcentagem dos direitos que o Verdão vai adquirir.

Como revelado pelo Torcedores.com na última segunda-feira (6), o Verdão oferece US$ 11 milhões (cerca de R$ 34 milhões) por 70% dos direitos de Borja, porém, o time colombiano quer vender 50% por esse montante. As duas partes ainda conversam e a definição deve sair em breve.

O agente do atleta, Nacho Martán, também revelou que Borja quer vir ao Palmeiras e o próprio jogador disse que já está de “malas prontas para o Brasil”.

Nesta semana, o artilheiro ficou de fora dos treinos do Atlético Nacional e não foi relacionado para o duelo contra Bucamaranga, marcado para esta quinta-feira (9).