F1: Renault aposta em aerodinâmica e contrata profissional da Red Bull

A Renault anunciou oficialmente a contratação de Pete Machin, chefe de aerodinâmica vindo da Red Bull Racing.

Leia mais:  Fórmula 1: FIA divulga novas regras de penalidades para 2017   

Pete foi o responsável por projetos revolucionários, em túnel de vento, que fizeram vitoriosos os modelos RB6, RB7, RB8 e RB9 nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2013 respectivamente.

A equipe austríaca viveu essa época de ouro ganhando quatro títulos de construtores e consagrando Sebastian Vettel como tetracampeão mundial.

Durante esse período vencedor, Adrian Newey estava mais sob os holofotes quando se falava em projetos visionários, mas foi a criatividade e expertise de Machin, aliada a um excelente conjunto mecânico, que também contribuiu para a escuderia do touro vermelho entrar no seleto hall de carros históricos da categoria.

As mudanças no regulamento técnico serão as mais significativas dos últimos quatro anos e a força aerodinâmica a maior de todos os tempos. Com esses elementos, a Renault Sport acredita que o investimento num profissional diretamente ligado a essa área será fundamental para um carro competitivo no novo calendário.

A recém contratação só se juntará ao time em julho, mas já deve estar “rabiscando” sua prancheta afim de colocar suas ideias em cima o novo chassi.

Em anos em que existem mudanças drásticas de regulamento, como é o caso deste, frequentemente temos boas surpresas para apimentar ainda mais a competição. A equipe francesa está fazendo sua parte para ser esse fator inesperado mas, mesmo assim, a expectativa para a contratante é que o trabalho do novo profissional só comece a dar melhores frutos no final da temporada.

A revelação do novo monoposto da Renault está programada para o dia 21 de fevereiro.