Lutas

Rival de Amanda Nunes dispara contra brasileira: ‘Vai tentar adiar essa luta’

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial do UFC

Após vencer Julianna Peña, Valentina Shevchenko ganhou a chance de lutar pelo cinturão feminino dos penas do UFC com a brasileira Amanda Nunes, atual campeã da categoria. E a lutadora do Quirguistão e radicada no Peru não perdeu a oportunidade de cutucar a ‘Leoa’.

‘Bullet’ disse ao site ‘TMZ‘ que acredita que a brasileira irá tentar adiar a luta entre ambas o máximo que puder, ou até mesmo evitar a chance de defender o cinturão contra ela subindo de categoria, sugerindo um ‘medo’ de Amanda para lutar contra ela.

LEIA MAIS

COM CINZA PREDOMINANDO A PINTURA, HAAS APRESENTA VF-17, CARRO DA TEMPORADA 2017 DA F1

“Amanda Nunes sabe que sou perigosa tanto no chão quanto em pé e acho que ela vai tentar evitar ou adiar essa luta, ou até dizer que vai subir para os penas. Amanda vai buscar qualquer desculpa que exista para adiar essa luta ao máximo. Nós duas sabemos que somos perigosas, mas estou pronta para lutar. Não tenho recado para mandar para a Amanda. Prefiro falar com meus punhos e não com as palavras. Esse é o melhor discurso que posso fazer”, disse Shevchenko.

A vontade da lutadora do Quirguistão de buscar o título dos galos e devolver a derrota imposta pela brasileira na primeira luta entre ambas no UFC 196 é tanta que ela até ‘pediu’ para o UFC que marque logo a data da luta para que possa enfrentar Amanda Nunes e tornar realidade o sonho do cinturão.

“Quero lutar pelo cinturão e fazer a revanche contra Amanda. Meu empresário já conversou com o UFC e eu tenho dito desde o começo: estou pronta para lutar. Agora. Só me digam a data. É isso o que quero, é o meu objetivo desde que cheguei aqui. Perdi para a Amanda na primeira luta e agora quero uma nova oportunidade. Falhei na primeira vez mas não o farei na segunda”, afirmou.

 

(Crédito da foto: Reprodução/Facebook Oficial do UFC)