Futebol

Rival do Palmeiras na Libertadores, Alex Silva revela erro ao sair do Flamengo

Publicado às

Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.

Foto: SHANGHAI, CHINA - AUGUST 22: Alex Silva of Brazil and Vincent Kompany of Belgium compete for the ball during the Bronze Medal Match between Belgium and Brazil at Shanghai Stadium on Day 14 of the Beijing 2008 Olympic Games on August 22, 2008 in Shanghai, China. (Photo by Rodolfo Buhrer/Getty Images)

Crédito: Getty Images

O experiente zagueiro Alex Silva passou por momentos bons momentos em sua carreira, mas também acumulou diversos momentos ruins, para o jogador, o pior dos momentos foi sua saída do Flamengo para o Boa Esporte, clube que na época disputava a segunda divisão do futebol nacional. Hoje, o jogador atua na Bolívia pelo Jorge Wilstermann, rival do Palmeiras na Libertadores 2017.

Alex Silva teve momentos de glória, principalmente nos anos de 2006 a 2008, quando fez parte do grande sistema defensivo do São Paulo que lhe consagrou um tricampeonato Brasileiro consecutivo e também uma venda ao Hamburgo da Alemanha.

LEIA MAIS:
VÍDEO: BERRÍO APLICA DRIBLE HUMILHANTE EM WAGNER E DEIXA RIVAL SENTADO
SEM CLUBE, RONALDINHO GAÚCHO CURTE CARNAVAL NA SAPUCAÍ

Jogando na Europa, Alex Silva foi apenas mais um e não obteve grande destaque, tanto é que em 2010 voltou ao time do Morumbi por empréstimo, mas também não convenceu e não teve seu passe comprado.

Quem se “aproveitou” da situação foi o Flamengo, que no ano seguinte, comprou 50% dos direitos do zagueiro, apostando em seu bom futebol apresentado, porém, o desempenho no Mengão também não foi convincente e acabou emprestado ao Cruzeiro, onde disputou apenas 3 partidas.

Sem clima no rubro-negro, o jogador acabou aceitando jogar pelo Boa Esporte, clube que na época estava na segunda divisão do futebol nacional, para o defensor o declínio de sua carreira começou ai.

“Foi um erro por ouvir e ir pela opinião de outras pessoas, achava que queriam meu bem, me ajudar, mas só me prejudicaram fora de campo. Um jogador que veste a camisa do Flamengo não pode sair para uma Série B do Brasileiro. Acabei me lesionando de forma grave, parei por seis meses, e ali minha carreira começou a declinar”, disse em entrevista ao GloboEsporte.com.

Em seu auge, o zagueiro também acumulou passagens pela Seleção Brasileira, chegou a disputar uma Copa América e os Jogos Olímpicos de Pequim.

Com 31 anos, o jogador tenta reerguer sua carreira no futebol boliviano e tem uma ótima vitrine pela frente, a Copa Libertadores de 2017. O defensor deu a sorte de cair no grupo do Palmeiras, assim poderá demonstrar o seu futebol ao povo brasileiro. Em recente entrevista, o zagueiro disse que irá encarar qualquer time de igual para igual.