Futebol

Rodriguinho vê placar magro em classificação do Corinthians: “não fala o que foi o jogo”

Publicado às

Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Rodriguinho

Crédito: Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Logo em seu segundo jogo oficial na temporada, o Corinthians encarou a primeira ‘decisão’ em 2017, mas passou sem grandes sustos com vitória magra sobre a Caldense (1 a 0) nesta quarta-feira, no estádio Ronaldão, e avançou à segunda fase da Copa do Brasil. Autor do gol, o meia Rodriguinho comemorou a classificação, viu o placar magro, porém, valorizou as chances criadas pela equipe.

“Realmente teve um clima de decisão, os jogos são perigosos, entramos com a obrigação de ganhar mesmo na casa do adversário. Claro que viemos para ganhar o jogo, conseguimos, o placar foi magro, mas não fala o que foi realmente o jogo. Tivemos várias oportunidades, mas ficamos felizes em sair com a classificação”, disse em entrevista à Rede Globo, ainda no gramado do estádio Ronaldão.

VEJA MAIS:
Corinthians anuncia a desistência da contratação de William Pottker
Caldense x Corinthians: assista ao gol da partida

O Corinthians ainda não conheceu o próximo adversário, mas sabe que o oponente sairá do duelo entre Brusque-SC e Remo-PA, que se enfrentam na próxima semana. Rodriguinho promete um time agressivo na sequência na competição.

“Vamos esperar (o próximo adversário), mas de toda forma entramos no campeonato para buscar títulos, jogando e se impondo independente se for dentro ou fora de casa para conseguirmos a classificação”, completou.

O único gol da partida saiu aos 40 minutos do primeiro tempo. Jô fez boa jogada dentro da área e tocou para Fagner, que cruzou na medida para Rodriguinho cabecear sem chances de defesa para Neguet.

Na etapa final, o Timão teve o domínio absoluto das ações ofensivas, mas desperdiçou diversas chances para ampliar e foi pouco ameaçado pelo time mineiro, claramente conformado com a desclassificação.

FICHA TÉCNICA
CALDENSE 0 x 1 CORINTHIANS 
Data: 8 de fevereiro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Competição: Copa do Brasil (1ª fase)
Local: Estádio Ronaldão
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thiago Corrêa Farinha (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Thiago Carpini e Álvaro (Caldense); Fellipe Bastos (Corinthians)
Gol: Rodriguinho, aos 40 minutos do primeiro tempo.
CALDENSE: Neguet; Alexandre Lazarini, Marcelinho, Hélio e Rafael Estevam; Thiago Carpini (César), Álvaro, Ewerton Maradona (Edu) e Anderson (Cristiano); Luiz Eduardo e Zambi. Técnico: Thiago Oliveira
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel; Giovanni Augusto (Marquinhos Gabriel), Fellipe Bastos (Camacho), Rodriguinho (Guilherme) e Marlone; Jô; Técnico: Fábio Carille