DESTAQUE

Roger Machado, as substituições e as variações táticas do Atlético-MG

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Roger Machado, as substituições e as variações táticas do Atlético-MG

Crédito: Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

Uma das belezas do futebol está na possibilidade de um time pequeno surpreender um time grande. Nos torneio estaduais, é comum ver um grande tropeçando nos nanicos. Nesse domingo (12), essa possibilidade esteve muito próximo de acontecer no Independência. O Atlético-MG sofreu para furar a defesa do Uberlândia, mas conseguiu, graças à visão de jogo de seu treinador, Roger Machado.

LEIA MAIS:
ATLÉTICO-MG? VICTOR DIZ ONDE PRETENDE ENCERRAR SUA CARREIRA NO FUTEBOL
ATLÉTICO-MG 3 X 0 UBERLÂNDIA: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA

O Atlético-MG começou a partida no 4-1-4-1, o mesmo esquema que a equipe bateu o Joinville no meio de semana, pela Primeira Liga. Mas com uma marcação bem armada e forte, o Uberlândia conseguiu segurar o Galo. Cazares e Otero, principais nomes de criação do Atlético, foram anulados. Fred ficou bloqueado na dupla de zagueiros da equipe do Triângulo Mineiro.

LINEUP111486981920175
Atlético começou no 4-1-4-1 e encontrou muitas dificuldades para criar jogadas

O Atlético precisava de mais velocidade pelas pontas, pois pelo o meio estava quase impossível de passar. Roger Machado sacou o apagado Cazares e colocou Maicosuel. Nessa substituição, o Galo começou a mudar o rumo da partida. Roger foi ainda mais ousado. Ele tirou Elias e colocou o atacante Rafael Moura. O Galo saiu do 4-1-4-1, passou rapidamente para o 4-2-3-1 e ficou no 4-2-2-2 (alternando com o 4-1-3-2).

LINEUP111486981987234
Entrada de Maicosuel deu mais velocidade ao Atlético pelo lado direito.

O primeiro gol foi de Danilo. Rafael Moura, que acabara de entrar, finalizou e a bola sobrou para o meia canhoto do Galo abrir o placar. Após esse gol, as coisas ficaram mais fáceis para o Atlético. E quem apareceu foi Maicosuel. O meia fez uma jogada de cinema, tocou de calcanhar para Fred, que escorou para Rafael Moura fazer o segundo gol do Galo. O terceiro gol surgiu após outra linda jogada de Maicosuel. Pela ponta direita, o meia cruzou para Fred cabecear e dar números finais ao jogo.

LINEUP111486982132073
Entrada de Rafael Moura trouxe uma preocupação a mais para o Uberlândia.

“Eu não posso ser pouco inteligente e jogar até o final de um jogo da mesma maneira. Tenho que ter essas alternativas. A mudança do jogo jogado com a bola no chão para os cruzamentos é uma variante. E vou conhecendo o nosso estádio. É preciso conhecer o Independência”, disse Roger Machado.

Vitória, liderança e variações táticas. A partida contra o Uberlândia serviu para mostrar que o Galo tem um treinador que enxerga e conhece o elenco. No futebol, não existe time imbatível e nem tática infalível! Por isso, é necessário ter sempre variações para se fazer durante o jogo.

Siga @abnerfaustino no Twitter