DESTAQUE

OPINIÃO: São Paulo vence e convence na estreia de Rogério como técnico no Morumbi

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net/Reprodução

A estreia de Rogério Ceni como técnico do São Paulo no Morumbi foi empolgante para qualquer torcedor tricolor. Mesmo depois de um começo ruim, saindo atrás no marcador, o time conseguiu se restabelecer na partida e acabou goleando a Ponte Preta por 5 a 2. Diante de mais de 50 mil torcedores, Ceni ficou muito satisfeito com a apresentação de seus comandados e contente com a recepção calorosa, que marcou sua volta ao Morumbi e sua estreia como técnico do clube em casa.

LEIA MAIS:
PAULISTÃO: VEJA COMO FICOU O SÃO PAULO NA CLASSIFICAÇÃO APÓS DUAS RODADAS
CENI SOBRE ‘FRANGO’ À BEIRA DO CAMPO NO MORUMBI: “SEM LUVA DÁ MUITA DIFERENÇA”

Diferentemente da estreia no Paulistão, contra o Audax, o tricolor teve amplo domínio das ações contra a Ponte Preta. Com mais de 78% da posse de bola e 567 passes certos (segundo dados do Footstats), o setor de meio-campo do São Paulo foi destaque na partida. O camisa 10 Cueva foi decisivo, no gol de empate e com a assistência para o gol da virada. Já o volante Thiago Mendes, apesar de ter perdido a bola na jogada que culminou com o primeiro gol da Macaca, redimiu-se com um golaço, logo no começo da segunda etapa. João Schmidt teve atuação discreta, assim como Cícero. É importante lembrar que Jucilei chega para reforçar a equipe e é mais uma opção para atuar como segundo volante no esquema de Ceni.

Já no ataque, Gilberto teve uma performance digna de um camisa 9. Ele precisou de seis finalizações para marcar seu hat-trick. Eficiente, o atacante criou mais uma dor de cabeça para Rogério Ceni, que agora conta com o argentino Lucas Pratto para também atuar nesta função. Outro ponto positivo para o São Paulo foi o desempenho dos laterais. Tanto o experiente Bruno pela direita, quanto o jovem Júnior Tavares pela esquerda, tiveram participações diretas em quatro dos cinco gols da equipe e mostraram que podem ser titulares. Buffarini que se cuide!

O único destaque negativo da partida foi o setor defensivo. Com certa lentidão na recomposição defensiva, a Macaca se aproveitou nos contra-ataques e em três oportunidades claras, marcou dois gols, em dois vacilos (o primeiro de Thiago Mendes e o segundo de João Schmidt). Atenção especial para esse setor!

Em geral, o desempenho da equipe convenceu a todos. A torcida, que deu uma atmosfera ainda mais especial para a partida, ficou empolgada com a atuação do time e principalmente com o placar. A imprensa ficou surpresa pelo resultado diante de um adversário de muita qualidade como a Ponte.

Na quarta-feira (15), Rogério tem seu primeiro clássico oficial, diante do Santos. Primeiro grande teste da carreira do novo técnico tricolor. Vamos ver se o futebol que foi apresentado neste domingo se confirma no San-São.