Futebol

São Paulo vende joia da base ao Real Madrid

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Crédito: Reprodução Facebook Augusto Galvan

O São Paulo, em uma reunião na manhã da ultima quinta-feira, acertou a venda do meia Augusto Galvan, de 17 anos, para o Real Madrid, que pagará pelo jogador das categorias da base, cerca de 3 milhões de euros (equivalente a R$ 9,6 milhões).

O São Paulo ira receber 1 milhão de euros (equivalente a R$ 3,2 milhões) imediatamente, e o restante de acordo com metas a serem atingidas pelo jovem da base, e entre elas torna-se companheiro de Cristiano Ronaldo, Benzema, Casemiro e companhia na equipe principal, treinada por Zinedine Zidane.

LEIA MAIS:
OPINIÃO: SÃO PAULO DE 2017 PECA COMO AMADOR E VACILA COMO POUCOS

A transferência foi bastante comemorada no Morumbi, visto que o contrato de Augusto termina no próximo dia 25 março, data em que ele completara 18 anos, e ele poderia sair de graça para outra equipe. Só com a maioridade ele poderá assinar contrato para atuar na Europa.

Nos últimos dias, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva recebeu o empresário Fabio Baitler, sócio de Daisy Brandino e Rafael Brandino na Victrix, além de parentes do jogador. Ficou acertada uma prorrogação contratual para que ele pudesse ser negociado.

Além do Real Madrid, outros clubes europeus demonstraram interesse no garoto da base. Canhoto, considerado um dos craques de sua geração, preferiu a equipe espanhola. Para que o negocio fosse fechado, além de ser preciso esperar a maioridade ser completada no mês que vem, os agentes também contaram com a queda da punição da Fifa que proibia o Real Madrid de contratar reforços.

Com a negociação, o São Paulo aumenta seu faturamento com jogadores da base. Em janeiro, David Neres havia saído para Ajax por R$ 50,7 milhões (equivalente a R$ 40,5 milhões) a serem recebidos ate junho, e o restante também dependendo de metas a serem alcançadas no clube holandês.