Futebol Europeu

Tite cita Daniel Alves e ainda aposta no sucesso de Ganso na Europa

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Foto: Paulo Henrique Ganso

Crédito: Crédito da foto: Divulgação/Sevilla

Paulo Henrique Ganso ainda não conseguiu convencer jogando no futebol europeu. No Sevilla desde agosto do ano passado, o jogador foi poucas vezes aproveitado pelo técnico Jorge Sampaoli, que já avisou que ele só voltará a ter oportunidades no time quando mudar sua postura e “resolver mostrar o que sabe”. O técnico Tite, da seleção brasileira, falou sobre a situação do ex-meia do São Paulo em entrevista ao jornal português “O jogo“.

Tite revelou que aproveitou sua passagem pela Espanha, onde acompanhou o jogo do Sevilla contra o Leicester pela Champions League nesta semana, para conversar com Ganso.

“Disse-lhe logo no início da conversa: “Você é o jogador que obrigava-me a dar uma orientação especial para o Ralf [médio defensivo do Corinthians] nos jogos contra o Santos e, posteriormente, o São Paulo”. É um médio ofensivo que não pode ter espaço para jogar, é muito criativo. A capacidade de assistência dele é impressionante”, disse Tite.

O técnico do Brasil usou o exemplo do lateral Daniel Alves, que demorou para se firmar no Sevilla antes de brilhar no Barcelona. “Ele tem uma filha com menos de 30 dias, está num processo de adaptação, que também é um processo familiar. O Daniel Alves, por exemplo, demorou um ano e meio para desenvolver o futebol dele no Sevilha. É questão de tempo. O Ganso deu um passo desafiador na carreira, precisava de jogar num grande centro. Está a ser desafiado para um processo novo, dentro de um futebol altamente competitivo. Repito: é questão de tempo”.

Para Tite, outro “problema” que dificulta ainda mais as oportunidades de Ganso é o elenco que Sampaoli tem à disposição. “Sampaoli tem dois jogadores do mesmo setor que jogam muito. O N”Zonzi joga muito! O Nasri, sinceramente… Não sei como saiu do Manchester City, joga muito também”, completou.