DESTAQUE

“Muitos treinadores não têm o que fazer, mas eu tenho”, afirma Renato Gaúcho

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Renato Gaúcho

Crédito: Foto: Reprodução

Renato Gaúcho sempre foi uma figura polêmica no mundo do futebol e nesta terça-feira (14) o treinador do Grêmio voltou a defender o seu estilo de trabalho. Durante o programa Bola da Vez, da ESPN, o ex-jogador afirmou que as criticas em relação a suas constantes visitas à praia não tem fundamento, já que esse é o seu hobby.

“Muitas vezes os caras falam ‘o Renato tá na praia jogando o futevôlei dele’. O Muricy Ramalho gostava de pescar, não gostava? O Renato tá na praia e o Muricy pescando… qual a diferença? Cada um tem o seu hobby. Qual o problema disso? É o meu hobby, agora se eu fosse pescar estava tudo bem? Se eu fosse lavar e passar roupa, estava tudo bem?”, disse.

LEIA MAIS: Renato Gaúcho comenta invasão de Carol Portaluppi: “Ultrapassaram os limites”

No final de 2016, Renato chamou a atenção após as declarações sobre os estudos na Europa, algo que para muitos foi uma ofensa aos outros treinadores. Para ele, muitos técnicos não conseguem parar de trabalhar.

“Cada treinador tem o seu hobby. Muitos treinadores não tem o que fazer, mas eu tenho. Tem muitos que pensam ‘caraca, eu tô de folga, o que eu vou fazer… tenho que trabalhar’. Tiram até a mulher de casa. Eu não, não estou trabalhando, vou na praia. Agora eu fiquei 30 dias de férias, fui na praia todos os dias”, concluiu.