DESTAQUE

Tupis encaram EUA pela segunda rodada do ARC

Publicado às

Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Site Brasil Rugby/João Neto/ Fotojump/Reprodução

Os Tupis estão prontos para enfrentar os Estados Unidos pela segunda rodada do Americas Rugby Championship, o Seis Nações das Américas. O jogo acontece na casa dos Eagles e tem como palco o estádio Dell Diamond, em Austin, no Texas. A bola sobe logo mais, às 22h e o jogo tem transmissão ao vivo da ESPN+.

LEIA MAIS:
BRASIL ESTREIA COM VITÓRIA NO AMERICAS RUGBY CHAMPIONSHIP
EX-JOGADOR DOS SPRINGBOKS FALECE NA MADRUGADA DESTA SEGUNDA

Na estreia da competição, os Tupis venceram os chilenos de virada, no estádio do Pacaembu, por 17 a 03. Com a vitória, o Brasil passou a dividir a liderança da competição com a Argentina, teoricamente a melhor seleção do torneio. Os EUA também estrearam no ARC com vitória em casa, contra os Uruguaios, por 29 a 23. Com o resultado, os americanos ficaram na terceira posição na tabela de classificação.

O duelo desta noite conta com um ingrediente a mais. Na edição de 2016 do Americas Rugby Championship, os brasileiros venceram os americanos na única oportunidade em que se enfrentaram até hoje. A vitória dos Tupis por 24 a 23, naquela oportunidade, só veio no último lance da partida, em uma conversão de um penal por Moisés Duque. O resultado foi surpreendente, pois ninguém esperava que o Brasil fosse vencer uma seleção teoricamente mais forte e com mais tradição no esporte. Os jogadores dos EUA atribuíram a derrota pela falta de referências em relação aos Tupis, o que dificultou as análises e estudos dos jogadores brasileiros por parte da comissão técnica americana. Entretanto, nada disso tirou os méritos da vitória do Brasil e muitas pessoas envolvidas com o rugby concluíram que aquele jogo foi um divisor de águas para o Brasil.

Atualmente, o esporte passa por um processo de profissionalização da seleção nacional. Com todos os mecanismos oferecidos para o desenvolvimento dos atletas brasileiros, resultados a médio e longo prazo são esperados. A expectativa, no momento, é de que os Tupis assumam o posto da segunda força do rugby na América do Sul, que hoje pertence ao Uruguai. Já a longo prazo, o objetivo da Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) é a conquista da vaga para a Copa do Mundo de 2023.

Um ano depois, as equipes se enfrentam novamente, desta vez em solo americano. A expectativa é de que os Eagles encarem a partida de hoje com muita seriedade, sem dar brechas para a seleção brasileira e com objetivo de vingar a partida do ano passado. Os Tupis estão cientes de quem vão encarar um dos jogos mais difíceis do torneio, porém confiantes pela vitória na estreia e pelo trabalho que tem sido construído nos últimos anos. Um jogão que promete muitas emoções aos apaixonados pelo rugby.

Confira a escalação dos Tupis para a partida:

Titulares: 1- Jonatas Santos Paulo “Chabal” (Bandeirantes), 2- Yan Victor Mota Rosetti (Cuba/ARG), 3- Wilton José Murilo Rebolo “Nelson” (São José), 4- Luis Gustavo Lemes Vieira “Monstro” (CSVillefranche/França), 5- Lucas Piero Celestino de Moraes “Bruxinho” (Desterro), 6- João Luiz da Ros “Ige” (Desterro), 7- Andre Felipe Arruda “Buda” (Desterro), 8- Nicholas Malcolm Smith (SPAC), 9- Matheus Cruz (Jacareí), 10- Joshua Brian Reeves (Jacareí), 11- Stefano Giantorno (Niterói), 12- Moises Rodrigues Duque (São José), 13- Felipe Henry Sancery (São José), 14- Jacobus Malan De Wet VanNiekerk (Bandeirantes), 15- Daniel Henri Sancery (São José).

Suplentes: 16- Daniel Xavier Danielewicz “Nativo” (Desterro), 17- Pedro Luis de Menezes Bengalo (Desterro), 18- Caique Santiago Silva (Niterói), 19- Diego Lopez “Diegão” (Pasteur), 20- Arthur Bomfim Bergo (SPAC), 21- Johannes Andries Beukes Cremer (Poli), 22- Luan Soares Teixeira (Desterro), 23- Guilherme Coghetto (Desterro).

Sábado, 11 de fevereiro
22h – EUA x Brasil, em Austin, Texas – AO VIVO no ESPN+